Tupã: após ferir irmão, mulher e cunhada, tupãense é preso; dois PMs sofreram ferimentos


A Polícia Militar de Tupã agiu com rapidez e eficiência para deter um morador que ameaçava a mulher com uma faca, após já ter ferido a companheira, um irmão e a cunhada, na madrugada dessa quarta-feira, dia 18. Ainda segundo a PM, o indiciado ainda tentou pegar armas de fogo para enfrentar as equipes, mais foi contido. Atenderam o caso, registrado por volta das 05h55 pela PM como violência doméstica, lesão corporal, posse de arma de fogo, porte de arma branca, ameaça, desacato e resistência, a equipe do cabo Emerson e cabo Mauro, com apoio do 1º sargento Moisés e cabo Alex (CGP II) e cabo Soares.


Os policiais militares foram acionados via Copom para atenderem ocorrência de violência doméstica, onde o acusado estava com uma faca na mão e segurava sua amásia pelos cabelos e a ameaçava. Ao chegarem no endereço, os PMs isolaram o local e iniciaram contato verbal com o agressor, sendo que após uma longa negociação o mesmo soltou a vítima. Ainda segundo os policiais, o indiciado se mantinha agressivo e irredutível quanto a dispensar a faca e, em uma atitude abrupta, correu em direção a sua residência dizendo que pegaria sua arma de fogo e que “ai conversaria com as guarnições”.


A Polícia Militar informou que, no intuito de impedir tal ato, as equipes agiram rapidamente na contenção do indiciado, utilizando inicialmente um disparo da Taser que, porém, se fez ineficiente pois um dos dardos foi obstruído por um móvel, e na sequencia fazendo a imobilização do acusado que havia arrombado a porta dos fundos, de acesso a residência, com intuito de alcançar sua arma. Os PMs destacam ainda que o indivíduo foi contido e durante sua imobilização o mesmo desferiu golpes de socos e chutes contra as equipes, mais foi imobilizado e algemado e, durante busca na residência, foi localizada uma espingarda, que foi apreendida juntamente com a faca.


Saiba mais em https://www.bastosja.com.br/noticias/ver/item/4953/t/tupa-apos-ferir-irmao-mulher-e-cunhada-tupaense-e-preso-dois-pms-sofreram-ferimentos