Toninho de Favere questiona contradição sobre oxigênio “Não é a primeira vez...



O jornalista e apresentador do programa Rotativa no Ar, Toninho de Favere questionou nota da Prefeitura que tenta esclarecer à população quanto a eventual falta de estrutura da Santa Casa pare atender a demanda de pacientes com Covid-19.

O texto diz que, ao contrário do que foi divulgado pelo blog jotaneves.com – o hospital não corre risco de suspender o atendimento por falta de oxigênio.

A suspensão já ocorreu. Foi ontem, dia 11 – citou o blog.

A CONTRADIÇÃO


O secretário de Saúde, Dr. Miguel Ângelo de Marchi, desmentiu a afirmação, lembrando que a Santa Casa possui usina de oxigênio, capaz de suprir a necessidade. Ao mesmo foi contraditório, porque a seguir ele diz: “A Santa Casa suspenderá temporariamente somente os atendimentos que necessitem de oxigênio devido à utilização de todos os terminais de fornecimento de oxigênio, já que seis pacientes estão recebendo oxigênio enquanto aguardam liberação de leitos para internação na enfermaria”.

TONINHO QUESTIONA

- Espera aí, não havia afirmado antes que estava tudo normal? Agora aqui diz que deverá haver suspensão porque tem seis recebendo oxigênio, questionou de Faveri, para em seguida dar prosseguimento a leitura.


“O secretário de Saúde esclareceu ainda que a Santa Casa deverá retomar estes atendimentos – olha aí, retomar hein – teve problemas, normalmente já nesta quarta-feira e que para evitar que a população fique sem atendimento que necessite de fornecimento de oxigênio durante o período, os pacientes que derem na entrada no hospital serão encaminhados à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), que oferece toda estrutura para prestar o atendimento necessário. Os demais atendimentos de casos não respiratórios continuam sendo prestados normalmente tanto na Santa Casa quanto na UPA. A exemplo do que vem fazendo há vários meses, Dr. Miguel novamente pede a colaboração da população, lembrando que a lotação dos leitos de enfermaria e UTI da Santa Casa só serão normalizados com a adoção das medidas sanitárias, como o uso de máscaras e distanciamento social. O médico também lamentou a divulgação de informações incorretas, que tem contribui apenas para desinformar e levar pânico à população.

COMENTÁRIO - USINA INSUFICIENTE

A gente já vem falando há algum tempo que a saúde de Tupã estava em colapso e entraria em colapso e, isto está acontecendo. Não é a primeira vez que a usina da Santa Casa de Misericórdia de Tupã se torna insuficiente para atender a todos os pacientes

SAIBA MAIS: http://jotaneves.com.br/2021/05/toninho-de-favere-questiona-contradicao-sobre-oxigenio/?fbclid=IwAR24SMlPKZv0gkhG2BTjId3ciYXP-2atuX_K8F8QHXts6Osy9n6RH98p0Ds