Sérgio Hondjakoff, o Cabeção de 'Malhação', estava em cárcere privado em clínica do interior de SP


O ator Sérgio Hondjakoff, de 37 anos, conhecido por fazer o personagem Cabeção em "Malhação", da TV Globo, estava entre os internos que, segundo o Ministério Público, eram mantidos em cárcere privado em uma clínica em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo.


O local foi fechado em uma ação do MP nesta quarta-feira (4), após denúncias por maus-tratos. Lá estavam 46 pacientes que faziam tratamento para reabilitação do uso de drogas. Eles estavam trancados em quartos e sem acesso às chaves.

Os pacientes informaram ainda que tinham ligações com os familiares controladas e monitoradas pelos donos do local. Dois funcionários foram presos.

A polícia informou que, embora houvesse no espaço medicamentos que exigem prescrição médica, os funcionários não tinham receita. Além disso, os internos contaram que tiveram de pagar uma taxa à clínica para serem vacinados contra a Covid-19. Segundo a polícia, os donos vão responder por sequestro.

Os internos passaram por entrevistas com assistentes sociais. Alguns deles foram encaminhados para outras clínicas de reabilitação ou clínicas psiquiátricas. O nome de Sérgio não estava entre os mantidos internados. Segundo o G1 apurou, a polícia entrou em contato com a família do ex-ator e ele era assistido pela assistência social da prefeitura até a chegada dos familiares. A polícia não informou há quanto tempo Sérgio estava sob cárcere.


Fonte: G1