RADICAL: Caio promete fiscalização aérea para conter aglomeração


Em resposta por uma ação dura e eficaz para conter o avanço da pandemia, o prefeito Caio Aoqui promete fiscalização com helicóptero, mas um drone pode ser mais eficiente.


Agora é pra valer. O prefeito Caio Aoqui radicalizou e prometeu uma ampla e irrestrita fiscalização pelo ar e por terra para impedir aglomerações no comércio, chácaras e até reuniões de família.


Os infratores estão sendo multados e sofrerão as sanções da legislação especifica que trata sobre a pandemia de coronavírus.


Além da blitz que vem sendo realizada por equipes terrestres com apoio da PM, seguranças particulares e fiscais da Vigilância Sanitária, o chefe do Executivo promete usar até uma aeronave para impedir abusos neste fim de semana.


É um tipo de fiscalização que mais pode fazer barulho que demonstrar eficiência, mas vale tudo na luta para desacelerar o avanço da pandemia que já matou 150 pessoas no município, contaminou mais de 5 mil pessoas e tem quase 600 em período de transmissão.

O agravamento da crise colapsou o sistema de saúde e o Cemitério da Saudade. Não há vagas na UTI e nem na enfermaria. Nesta semana, a Santa Casa “fechou” a porta para o atendimento por falta de oxigênio.


Pacientes ficaram indo e vindo da UPA para o Pronto Socorro do hospital em busca de internação. Uma paciente de Iacri ficou três horas dentro de uma ambulância e teve que dividir o mesmo “bico” de oxigênio que seu marido usava.


Leia também: DOUTOR DOUGLAS: Exerceu a medicina com consciência e dignidade


http://jotaneves.com.br/2021/05/radical-caio-promete-fiscalizacao-aerea-para-conter-aglomeracao/?fbclid=IwAR06FE1pYwsk5yRvx_DYg5VAE84oroNMDMwVLzSI2Z67rfxMtQ0k8ex_Hug