Polícia investiga suposto estupro contra criança de oito anos

Atualizado: Jul 19


A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) investiga o caso de um suposto estupro cometido contra uma criança, de oito anos, na Vila Real, zona Sul de Marília.


A Polícia Militar foi acionada na segunda-feira (12), às 12h43, para averiguação de desinteligência. Logo em seguida outra solicitação para o mesmo endereço informava que um homem estaria sendo agredido por populares.


No endereço, foi encontrada uma pessoa caída e alguns moradores pela via. Questionada, a vítima das agressões disse ter sido acusada de estupro, mas negou o crime.


A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada e socorreu o acusado até o Hospital das Clínicas.


A mãe da criança declarou à polícia que a filha, de oito anos, vinha reclamando de dores na barriga e nos órgãos genitais. No dia 12, a mãe verificou um líquido saindo das partes íntimas da menina.


Ao conversar com a criança, ela disse que teria sido abusada pelo senhor que mora próximo a sua residência. O estupro teria ocorrido em um terreno baldio, na segunda-feira da semana passada. O acusado ainda teria ameaçado a menina para que ela não contasse o caso.


A mãe socorreu a filha até o Pronto Atendimento, e foi encaminhada para a Santa Casa. A mulher confirmou à polícia que não se conteve e foi até a casa do suposto autor do estupro com alguns populares, que o agrediram e danificaram a casa dele.


O suspeito sofreu um corte na cabeça e algumas escoriações pelo corpo.


Veja mais em http://portal.maistupa.com/2021/07/15/policia-investiga-suposto-estupro-contra-crianca-de-oito-anos-em-marilia/