Padre de 89 anos é primeiro clérigo católico a morrer de Covid na Diocese de Marília


Morreu nesta quinta-feira, 07/10, aos 89 anos, o padre Veríssimo Barrichelo Mânfio, que residia em Adamantina.


Ele estava hospitalizado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa local com a Covid-19.


A morte de Padre Veríssimo, é a primeira, por Covid-19, entre o clero da Diocese de Marília, desde o início da pandemia.


A informação foi confirmada pelo Centro Diocesano de Pastoral: “Não há outros casos de mortes de padres por Covid-19, em nossa Diocese”, afirma a instituição.


O religioso morreu aos 89 anos. Ele estava hospitalizado na unidade de terapia intensiva (UTI) da Santa Casa local com a Covid-19. Com isso, ele se tornou o 136º registro fatal pela doença, em moradores de Adamantina.


Por volta das 16h um cortejo com o corpo do religioso deixou a capela da Santa Casa, em direção à Paróquia de Santo Antônio, onde colegas padres proferiram uma benção exequial, rito do catecismo católico.


O veículo funerário ficou estacionado do lado de fora da Igreja, onde foi montado um altar e realizada a solenidade com padres de Adamantina e região.


Fonte: Cidade Real https://cidadereal.net/noticia/445/padre-de-89-anos-e-primeiro-clerigo-catolico-e-morrer-de-covid-na-diocese-de-marilia