Motorista é flagrado com revólver após acidente em Juliânia, distrito de Herculândia


Um motorista de uma carreta foi flagrado portando ilegalmente um revólver calibre 38 com cinco munições intactas no tambor e outras cinco acondicionadas a um coldre de lona, também intactas, após um acidente de trânsito ocorrido no trevo de Juliânia, distrito do município de Herculândia, nesse sábado, dia 4.


O caso de natureza “flagrante porte ilegal de arma de fogo de uso restrito”, ocorrido na Rodovia Miguel Gantus, altura do quilômetro 2, foi registrado pela Polícia Ambiental de Tupã, equipe do 2º sargento Santos, cabo Padovesi e cabo Glaucimir, com apoio do cabo Piazentin, cabo Ravelli, cabo Rodrigueiro e soldado Vesu e da Polícia Militar de Herculândia com cabo Quines e soldado Gimenes.


Segundo informações, os policiais ambientais realizavam a Operação Independência e depararam com um acidente de trânsito no trevo de Juliânia e um motociclista relatou que sua moto foi fechada por uma carreta e que o caminhoneiro havia deixado o local dos fatos e seguido pela Rodovia Miguel Gantus com destino ao munícipio de Herculândia.


Os policiais ambientais abordaram o caminhoneiro e durante busca no interior da cabine do veículo localizaram, no console próximo ao assento do motorista o revólver carregado com cinco munições intactas no tambor. As outras cinco munições estavam em um coldre de lona. A equipe informou ainda que o motorista alegou não possuir o registro e o porte da arma.


A Polícia Ambiental de Tupã complementa que foi dada voz de prisão por porte ilegal de arma de fogo ao caminhoneiro, que foi conduzido para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Tupã, onde foi constatada a supressão parcial da numeração da arma.


Fonte: Bastos Já (bastosja.com.br)