Moça de 22 anos é morta pelo namorado em Lucélia; rapaz confessa o crime


Uma moça de 22 anos, moradora em Adamantina, foi morta pelo namorado, de 25 anos, em Lucélia, na madrugada deste domingo (8), em Lucéia. O acusado do crime foi preso em flagrante, sob acusação de feminicídio. A vítima é Nayra Valentim dos Santos. Desde as 13h seu corpo é velado no Memorial Flor de Lotus, em Adamantina. O sepultamento está previsto para 16h30, no Cemitério local.


O crime

Segundo a polícia, o agressor matou a namorada e escondeu seu corpo na vicinal João Lopes da Silva, que liga Lucélia a Pracinha. O crime foi por volta das 4h da madrugada.

A Polícia Militar foi acionada pelo 190, para atender uma desinteligência. Ao chegar ao endereço informado, a equipe do policiamento abordou o suspeito, que confessou a agressão à namorada. Ele relatou que a moça estava morta, em decorrência das lesões. Depois, o suspeito indicou onde estava o corpo da vítima, disposto em uma propriedade rural às margens da rodovia vicinal.


De acordo com a PM, o local onde o corpo estava era de difícil acesso, cerca de 100 metros de distância de uma estrada de terra que faz junção com a vicinal. O corpo da moça foi encontrado dentro de um buraco, em decúbito ventral (de bruços), já em rigidez cadavérica.

Além da PM, a ocorrência mobilizou ainda o Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil e os peritos da Polícia Científica, que compareceram ao local.


Com a constatação do crime, o rapaz recebeu voz de prisão em flagrante sob acusação de feminicídio, de acordo com o artigo 121, parágrafo 2°, inciso 6° do Código Penal. Preso, foi apresentado ao plantão da Polícia Civil, onde ficou detido, à disposição da Justiça.


Fonte: Bastos Já