Inadimplência de impostos e taxas municipais cresceu 29,22% em 2020


A carteira da Dívida Ativa da Estância Turística de Tupã, registrou, no ano passado, 2020, a inscrição de 9.014 cadastros de contribuintes inscritos, que, juntos, deixaram de pagar ao Tesouro Municipal, R$ 8.524.533,92.


Conforme a Diretoria de Dívida Ativa e Execução Fiscal, departamento responsável pela inscrição desses débitos negativos, o valor representa um aumento da ordem de 29,22% na chamada “taxa da inadimplência”, em comparação ao ano de 2019, período anterior a pandemia.


REFIS


Ao divulgar os dados por solicitação do Cidade Real, a Diretoria de Dívida Ativa destacou que agora, em 2021, “os cidadãos que possuem dívidas com o município, puderam quitá-las à vista com 100% de desconto em juros e multa ou parcelá-las em até 60 vezes, com reduções de 50% a 80% nas penalidades resultantes da inadimplência”.


As facilidades fazem parte do Programa de Renegociação Fiscal (Refis), iniciativa “que oferta as pessoas e empresas maior flexibilidade na negociação de seus débitos, traduzindo-se em uma das ações promovidas pela administração pública municipal no intuito de minimizar os impactos da crise econômica, causada pela pandemia”.


Saiba mais em https://cidadereal.net/noticia/403/inadimplencia-de-impostos-e-taxas-municipais-cresceu-29-22-em-2020