Golpe do cartão bancário deixa idosa no prejuízo


Neste dominado (08), por volta de 9h20, uma idosa de 65 anos procurou a Polícia Militar alegando que foi vítima de um golpe, em Osvaldo Cruz.


De acordo com a vítima, ela disse que no dia 6 de agosto, recebeu uma ligação de uma pessoa em seu telefone fixo, dizendo ser funcionário de uma agência bancária e informando que o cartão da mulher havia sido clonado por alguém, que já havia feito uma compra em uma loja de departamentos da cidade, sendo que para fazer o cancelamento e evitar novos golpes, um funcionário do banco iria até sua residência para pegar seu cartão bancário.


Ainda segundo a vítima, após algum tempo um homem compareceu a sua residência para buscar o citado cartão, e pediu que ela redigisse de próprio punho uma declaração, com seus dados pessoais, para que pudesse cancelar o cartão. Nesta declaração havia nome, CPF, RG e outros dados.


O estelionatário pediu ainda que a mulher fizesse um pequeno corte no cartão, mas sem comprometer o chip, assim o indivíduo ficou com o cartão, senha, dados pessoais e aplicou o golpe.


A vítima não soube informar quanto foi desviado pelos bandidos.


A Polícia Civil irá investigar o caso.


Fonte: Bastos Já