Conheça aqui como funciona o pagamento do FGTS 2021 e quais as principais modalidades liberadas


O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é um dos importantes instrumentos de proteção aos funcionários da rede privada, sobretudo, em processos rescisórios.


Porém, nos últimos anos tem sido liberado o resgaste de parte do saldo de forma antecipada.

São diferentes formatos de saques permitidos os trabalhadores acessarem o benefício, sem a necessidade da demissão sem justa causa.

O pagamento do FGTS 2021 basicamente manterá o modelo de anos anteriores.


Mas, é importante o trabalhador conhecer os canais de atendimento e programação da Caixa Econômica Federal.


Pagamento do FGTS 2021

Como dito anteriormente, o FGTS tem principal objetivo de amparar o trabalhador demitido sem justa causa. Ele é pago junto as outras verbas rescisórias, permitindo o profissional conseguir cumprir suas obrigações, quando estiver sem emprego. O fundo é mantido pelas empresas, onde todos os meses são depositados o equivalente a 8% dos rendimentos mensais do empregado, numa conta criada em nome deste. A Caixa é quem administra esta reserva e se responsabiliza por fazer render o dinheiro guardado.

Desse modo, rende juros e favorece ainda mais o trabalhador quando for realizar o resgaste. A instituição bancária emprega o fundo em projetos habitacionais e na oferta de linhas de crédito imobiliárias. O lucro conseguido nestes financiamentos ou empréstimos garante os reajustes dos valores depositados. Em relação ao pagamento do FGTS 2021, a CEF continuará com a liberação do dinheiro aos trabalhadores, pelos tipos de saque: aniversário, emergencial, digital e rescisório. Você vai entender como funciona cada uma dessas modalidades, além de conhecer os critérios de quem pode sacar.


Como saber se tenho direito?

O pagamento do FGTS 2021 beneficia milhões de brasileiros, sobretudo, quem tem vínculo empregatício regido pela CLT. Neste grupo estão:

  • Quem tem contrato formal de trabalho;

  • Trabalhadores rurais, domésticos e temporários;

  • Atletas profissionais;

  • Safreiros;

  • Diretor não empregado (opcional, dependerá do empregador).

Decerto, o benefício só estará disponível, se a empresa fizer regularmente o depósito. O trabalhador tem meios de conferir periodicamente o extrato e entender como anda sua conta do FGTS.

Saque-Aniversário

Conforme listado, conheça agora como se caracteriza o primeiro formato de pagamento do FGTS 2021. Este permite todos os anos, no mês do seu aniversário, você pode sacar um valor da conta do FGTS. Por isso, é necessário fazer a adesão ao tipo de saque, via app FGTS, pelo Internet Banking (opção aos correntistas da CEF) ou numa agência da Caixa. Pelos meios digitais é possível fazer uma simulação do valor a ser creditado, se você escolher o Saque-Aniversário. Porém, existem alguns detalhes a se ter atenção:

  • O dinheiro fica disponível a saque até o último dia útil do subsequente;

  • Quando não efetua a retirada, os valores voltam a conta do FGTS;

  • Não é possível retirar todo valor, tudo depende do seu saldo, as alíquotas permitem parcela de 5% a 40% do seu saldo.

Você não é obrigado a aderir a essa modalidade, se indica a opção quando há necessidade de quitar algum débito de imediato, por exemplo.

Saque Emergencial

Essa modalidade surgiu em abril de 2020, por meio da Medida Provisória nº 946 e possibilita aos trabalhadores sacarem até um salário mínimo vigente. Primeiramente pensada como ajuda no enfrentamento da crise financeira provocada pela pandemia do novo coronavírus. O Saque Emergencial se vale dos saldos das contas ativas ou inativas e inicialmente tem validade até 31 de dezembro de 2020. Mas tudo leva a crer que o benefício se estenderá até 2021.

O saldo é creditado direto numa Poupança Social Digital criada pela CEF. Toda movimentação dos valores é realizada via Caixa TEM. Desse modo o beneficiado deve baixar o app e depois poderá usufruir do crédito. Por outro lado, o saque propriamente dito só é liberado em datas posteriores, quando o valor estiver disponível. Sendo assim, o cidadão poderá fazer pagamentos online ou comprar com cartão virtual.


A CEF tem calendário específico de informes sobre os saques e transferências estão autorizados. Verifique se pode aproveitar o Saque Emergencial através dos seguintes canais de atendimento:

  • Internet Banking

  • App FGTS;

  • Teleatendimento 111;

  • Site oficial da Caixa.

Esteja com número do PIS/NIS e CPF na mão, facilitando a consulta. Entretanto, se você não realizar a retirada, o valor retorna a sua conta do FGTS.

Saque Digital

Dentre as novas formas de pagamento do FGTS 2021 temos o meio digital. Está disponível a todos aqueles grupos de trabalhadores mencionados e também dos aposentados. O diferencial aqui é de os valores liberados do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço serem creditados em qualquer banco. O acesso é feito da seguinte forma:

  1. Baixar o app oficial do FGTS em seu celular;

  2. Observar o saldo autorizado;

  3. Indicar a conta no qual deseja enviar os valores.

É possível, o aplicativo solicite alguns documentos de comprovação da sua identidade e autenticidade do pedido. Basta seguir as orientações de envio. Com pedido aprovado, o dinheiro estará na sua conta em até 5 dias úteis e poderá movimentá-lo da forma preferida. O aplicativo permite ver saldo disponível em smartphones. Antes de baixa-lo, verifique se é a versão oficial da CEF, evitando cair em fraudes.

Saque Rescisão FGTS

O formato mais usual de pagamento do FGTS 2021 continua sendo o rescisório. Ele é permitido todas às vezes quando o contrato de trabalho é interrompido sem justa causa. O trabalhador terá acesso a todo valor depositando pelo antigo empregador, durante o período que esteve fichado. Contudo, ao contrário das outras modalidades de pagamento do FGTS 2021 nesse o processo começa na empresa.

O departamento de Recursos Humanos faz o aviso do desligamento (atualmente utilizando softwares como e-Social ou Conectividade Social), e depois gera uma chave de retirada do saldo do FGTS. Em outros casos, o empregado segue a Caixa portando a Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS (GRRF) emitida pelo empregador, documento com todas as informações do desligamento. Após 5 dias úteis o trabalhador pode se dirigir a agência da CEF mais próxima de seu endereço, para requerer o dinheiro.


O atendente fará o protocolo inicial e posteriormente o cidadão se dirige ao guichê. Se a quantia for grande, não é obrigatório sair da agência com o dinheiro em mãos. É possível solicitar a transferência eletrônica em qualquer conta bancária, sem nenhum custo. Entretanto, após a retirada de todo valor, a conta fica zerada e não pode requerer, por exemplo, as outras modalidades.


Calendário do FGTS

Janeiro04/01/2131/03/21

Fevereiro01/02/2130/04/21

Março01/03/2131/05/

21Abril01/04/2130/06/21

Maio03/05/2130/07/21

Junho01/06/2131/08/21

Julho01/07/2130/09/21

Agosto02/08/2131/10/21

Setembro01/09/2130/11/21

Outubro01/10/2131/12/21

Novembro01/11/2131/01/22

Dezembro01/12/2128/02/22