Comoção marca velório da mulher ‘enforcada’ pelo próprio marido


A Polícia Civil confirmou na manhã desta quarta-feira, 13/10, a identidade da mulher morta pelo marido, na terça-feira, 12/10, no Jardim Monte Castelo, na região Sul da cidade de Marília.


Wellington Fernando da Rocha, desempregado, 31 anos de idade, foi preso em flagrante delito após matar a companheira, do lar, Angélica Mara de Lima Ferreira, de 32 anos, por enforcamento.


A Polícia Militar relatou em boletim de ocorrência, que foi chamada por volta das 19h, para um caso de feminicídio, na esquina das ruas Eduardo Prado e Capitão Salomão, bairro Monte Castelo.


O padrasto de Angélica foi quem contou aos policiais que o Wellington tinha estrangulado Angélica, e, em seguida, envolveu o pescoço dela com uma toalha para evitar que a filha, de quatro ()4) anos visse os ferimentos.


Durante o registro policial da ocorrência, ele voltou à casa da família e confessou que, depois de uma discussão estrangulou Angélica.


Wellington foi levado pelos PMs à Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde foi autuado em flagrante e permaneceu à disposição da Justiça.


Ele vai responder por homicídio qualificado, com a qualificadora de feminicídio, e também por violência doméstica.


A família anunciou que o corpo de Angélica seria sepultado nesta quarta-feira, 13/10, no Cemitério Parque das Orquídeas, sem horário estabelecido.


Familiares e amidos mais próximos relatam que o casal tinha uma rotina marcada por discussões e brigas, mas ninguém acreditava que o desocupado pudesse chegar ao extremo de assassinar a companheira.


Fonte: Cidade Real Comoção marca velório da mulher ‘enforcada’ pelo próprio marido - Cidade Real