Brasil estreia com goleada sobre a China no futebol feminino


A seleção brasileira feminina de futebol venceu a China por 5 a 0 na estreia da Olimpíada de Tóquio 2020. Marta, duas vezes, Debinha e Andressa Alves fizeram os gols da vitória no estádio em Miyagi, que recebeu a presença de um pequeno público.


Com os gols de hoje, Marta chega a 12 marcados em Jogos Olímpicos e está a dois da brasileira Cristiane, recordista da competição.


O jogo


A seleção brasileira suportou a pressão inicial da rival e logo aos oito minutos abriu o placar. Bia Zaneratto recebeu pelo lado esquerdo e cruzou para Debinha, que cabeceou no travessão. Bia brigou pelo rebote e a bola sobrou para Marta chutar de pé esquerdo e fazer o primeiro gol do Brasil na Olimpíada.


Aos 21, o time de Pia Sundhage ampliou o placar. Após pela triangulação pelo lado direito, Bia Zaneratto chutou forte no canto, a goleira Peng Shimeng deu rebote e Debinha tocou para o gol vazio.


O Brasil continuou dominando a partida e aos 30 minutos quase fez o terceiro após a zagueira Érika completar o cruzamento feito pela direita, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.


A China só assustou a seleção brasileira aos 39 minutos. Miao Siwen chutou forte de fora da área, mas Bárbara espalmou pela linha de fundo.


Segundo tempo


A seleção chinesa voltou para o segundo tempo pressionando a equipe brasileira. Aos 3 minutos, a atacante Wang Shanshan recebeu sozinha e tentou driblar Bárbara, mas a goleira saiu bem e evitou o gol certo da China.


Aos 6 minutos, Wang Shanshan recebeu pelo lado direito da área e chutou forte, mas a bola bateu na trave de Bárbara.


O Brasil voltou a se impor e aos 13 minutos quase fez o terceiro. Debinha recebeu fora da área e arriscou chute no ângulo, mas a goleira chinesa conseguiu desviar com a mão direita e a bola tocou no travessão.


Aos 21 minutos, Bárbara salvou mais uma vez o Brasil após fazer bela defesa em chute cruzado.


Em seguida, Marta mostrou toda sua genialidade e fez o terceiro do Brasil. Após a defesa chinesa se atrapalhar para tirar a bola da área, a camisa 10 pegou de primeira e acertou o canto esquerdo da goleira Peng Shimeng.


A seleção da China continuou pressionando e aos 30 minutos acertou a trave mais uma vez após Bárbara dar rebote e a atacante chinesa cabecear no travessão.


Aos 34 minutos, Andressa Alves aproveitou vacilo da defesa da China e sofreu pênalti. Ela mesma cobrou e fez o quarto do Brasil. No final, aos 44 minutos, Bia Zaneratto aproveitou o cruzamento rasteiro, tocou de pé esquerdo e fez o quinto gol do Brasil.