UFC Las Vegas 31: Islam Makhachev x Thiago Moisés

thiagomoises.jpg

O brasileiro Thiago Moises sobe no octógono, neste sábado (17), para fazer sua primeira luta principal no Ultimate.

Ele encara o russo Islam Makhachev, pupilo de Khabib Nurmagomedov, na atração mais importante do UFC Las Vegas 31

O vencedor fica próximo do top 5 da divisão de leves.

Além de Thiago, o Brasil terá mais cinco brasileiros no UFC Las Vegas 31

No card principal Rodolfo Vieira enfrenta Dustin Stoltzfus.

Já no programa preliminar, Amanda Lemos encara Montserrat Ruiz, Anderson Berinja mede forças contra Miles Johns, Francisco Figueiredo, irmão de Deiveson, duela com Malcom Gordon, enquanto Rodrigo Zé Colmeia abre a noite de lutas diante de Alan Baudot.

UFC 264: para Poirier, provocações mostram McGregor inseguro

Buy_264_ESPN_PPV.jpeg

Desafiado a não entrar em queda, americano espera "Notorious" mais falador, mas promete não "cair na pilha". Ele espera title-shot contra Charles do Bronx em seguida

Acabou o amor. Aquele clima amistoso entre Conor McGregor e Dustin Poirier antes da revanche entre eles ficou no passado. Nos últimos meses, o "Notorious" voltou a provocar o adversário americano como fazia antes da primeira luta entre eles, em 2014.

 

Mas desta vez, essas provocações viraram desafios específicos: "quem tentar queda primeiro é frouxo" foi uma delas. Quase uma súplica ao adversário americano, que o derrotou em janeiro depois de quedá-lo no primeiro round e machucar muito sua perna com chutes baixos.

- Acho que mostra insegurança. Não sei sobre o resto (se estou na cabeça dele), só ele sabe disso. Quando se diz coisas assim, me faz pensar nisso. Mas talvez ele não esteja (inseguro). Vamos descobrir! - declarou Poirier em entrevista via vídeo-chamada ao Combate.

De qualquer forma, é uma prévia do que pode esperar o americano na coletiva de imprensa na quinta-feira e na encarada na pesagem. Em 2014, toda a falação afetou Poirier, que lutou com raiva, se expôs e terminou nocauteado. Desta vez, "Diamante" garante que não vai cair na pilha.

- Acho que vai ser mais parecido com aquela vez pelo lado dele! Do meu lado, continua suave por aqui, cara. Nós vamos lutar no sábado, então o que mais podemos dizer, o que mais podemos fazer? No fim das contas, é uma luta.

Gabriel Jesus está fora da final da Copa América contra a Argentina

gabriel jesus.jpg

Atacante recebeu suspensão de dois jogos por expulsão contra o Chile

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou nesta terça-feira (6) que Gabriel Jesus recebeu uma suspensão de dois jogos por causa da expulsão na vitória de 1 a 0 sobre o Chile, na última sexta-feira (2), em jogo válido pelas quartas de final da Copa América.

Com isso, o atacante está fora da decisão da competição entre Brasil e Argentina, que está programada para acontecer no próximo sábado (10), a partir das 21h (horário de Brasília), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Gabriel Jesus recebeu a punição por ter sido expulso após acertar o rosto do chileno Mena com sua chuteira.

Edição: Fábio Lisboa

Brasil x Chile: prováveis times para quartas da Copa América

itália.webp

Em um jogo emocionante, a Itália venceu a Bélgica por 2 a 1 hoje, na Alemanha. Com gols de Barella e Insigne, os comandados de Roberto Mancini deixaram os adversários no meio do caminho e confirmaram vaga nas semifinais da Eurocopa.

 

Lukaku foi quem marcou para os belgas. Os destaques da partida foram Insigne e Donnarumma. Além do goleiro, que fez defesas importantes no decorrer da partida, o atacante, além do golaço que marcou, foi responsável por organizar todo o setor ofensivo italiano.... - Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/07/02/belgica-x-italia---eurocopa.htm?utm_source=chrome&utm_medium=webalert&utm_campaign=esporte&cmpid=copiaecola

Brasil x Chile: prováveis times para quartas da Copa América

brasil escalação.jpeg

Embalada pela boa primeira fase, equipe de Tite se prepara para jogo acirrado contra chilenos nesta sexta-feira, no Nilton Santos 

Neymar e Richarlison são as esperanças de gol do Brasil contra o Chile

A seleção brasileira tem nesta sexta-feira (2) um jogo com contornos ainda mais decisivos na caminhada na Copa América. Após terem se classificado de forma invicta no Grupo B, os comandados de Tite, tendo como referência Neymar, encaram nas quartas de final o Chile, quarto colocado do Grupo A, às 21h, no Nilton Santos.

Um empate no tempo normal leva para os pênaltis a definição de quem fica com a vaga das semifinais.

As duas seleções têm dúvidas devido a lesões musculares. Na equipe brasileira, Alex Sandro não treinou nos últimos dois dias devido a dores na coxa. Tite mantém o mistério e só Ederson está confirmado como titular.

Já no Chile, as dores musculares na mesma região podem fazer com que a equipe tenha a baixa de Alexis Sánchez no setor ofensivo.

BRASIL x CHILE

Data-Hora: 02-07-21 - 21h
Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Patricio Loustau (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Gabriel Chade (ARG)
VAR: Andrés Cunha (URU)

BRASIL: Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi (Alex Sandro); Casemiro, Fred e Everton Ribeiro (Lucas Paquetá); Gabriel Jesus, Neymar e Richarlison. Técnico: Tite

CHILE: Bravo; Isla, Medel, Sierralta e Mena; Pulgar, Vidal e Aránguiz; Sánchez (Enzo Roco), Brereton e Vargas. Técnico: Martín Lasarte

Brasileiros vão bem na balança e confirmam as lutas do UFC Vegas 

UFC.jpg

De forma rápida e sem maiores problemas, a pesagem do UFC Vegas 30 aconteceu no fim da manhã desta sexta (25), no horário local.

 

O evento acontece a partir das 14h (horário de Brasília) neste sábado (26). Na luta principal, válido pelo peso-pesado, Ciryl Gane ficou com 111,1kg, enquanto Alexander Volkov marcou 120,2kg.

 

Ao todo serão cinco brasileiros estarão presentes no card disputado no UFC Apex. Raoni Barcelos não apresentou dificuldades para bater 61,2kg no peso-galo. O seu adversário, Timur Valiev, ficou mais pesado com 61,7kg. Nos leves, Renato Moicano atingiu a faixa de 70,7kg, enquanto Jai Herbert pesou 70,5kg. Danilo Marques alcançou na divisão dos meio-pesados 93,2kg

CARD COMPLETO: UFC Vegas 30 UFC Apex, em Las Vegas (EUA) Sábado, 26 de junho de 2021 Card principal (17h, horário de Brasília)

Peso-pesado: Ciryl Gane (111,1kg) x Alexander Volkov (120,2kg)

Peso-pesado: Tanner Boser (108,9kg) x Ovince St. Preux (104,3kg)

Peso-galo: Raoni Barcelos (61,2kg) x Timur Valiev (61,7kg)

Peso-pena: Andre Fili (66kg) x Daniel Pineda (65,7kg)

Peso-meio-médio: Tim Means (77,3kg) x Nicolas Dalby (77,1kg)

Peso-leve: Renato Moicano (70,7kg) x Jai Herbert (70,5kg)

 

Card preliminar (14h, horário de Brasília) Peso-meio-pesado: Kennedy Nzechukwu (93,2kg) x Danilo Marques (93,2kg)

Peso-meio-médio: Shavkat Rakhmonov (77,3kg) x Michel Trator (77,1kg)

Peso-meio-médio: 

Com dois de Angel Romero, Paraguai estreia na Copa América com vitória

2021-06-15t015254z_1190558068_up1eh6f058

Albirroja derrota Bolívia por 3 a 1 e assume liderança do Grupo A

O Paraguai derrotou a Bolívia por 3 a 1 de virada, na noite desta segunda-feira (14) no estádio Olímpico de Goiânia, em sua estreia na Copa América. O destaque da partida foi o atacante Angel Romero, que marcou dois gols.

Com o triunfo, a equipe paraguaia assumiu a liderança do Grupo A da competição, com três pontos. Já os bolivianos ficam na lanterna da chave, sem ponto algum. A Argentina é a vice-líder, com um ponto após empatar em 1 a 1 nesta segunda com o Chile.

Triunfo de virada

A Bolívia conseguiu abrir o placar cedo, logo aos 9 minutos com o meio-campo Saavedra em cobrança de pênalti. Mas, a partir daí, a equipe comandada pelo técnico Eduardo Berizzo assumiu os controles das ações, criando uma oportunidade após a outra

Um pouco antes do intervalo, a Bolívia ficou em desvantagem numérica quando o atacante Cullear foi expulso após receber o segundo cartão amarelo por cometer falta em Piris da Motta.

Melhor na partida, e com vantagem numérica, o Paraguai finalmente conseguiu transformar o domínio em gols na etapa final. Aos 16 minutos Romero Gamarra aproveita sobra de bola para chutar de primeira e empatar.

Na próxima rodada, o Paraguai folga, enquanto a Bolívia enfrenta o Chile, na próxima sexta-feira (18) a partir das 18h (horário de Brasília) na Arena Pantanal.

Edição: Fábio Lisboa

Palpitão Combate: Adesanya e Deiveson são barbadas no UFC 263

adesanya e daivison.jpg

Brasileiro é escolha unânime em revanche contra Brandon Moreno, e campeão peso-médio só tem um palpite contra ele em revanche contra Marvin Vettori

O UFC 263 traz duas revanches de lutas muito parelhas nas posições de destaque, mas o painel do Palpitão Combate é quase unânime em apontar que os resultados serão idênticos na segunda oportunidade.

 

Dos 14 jornalistas que enviaram seus palpites para o evento deste sábado, transmitido ao vivo pelo Combate a partir de 18h40 (horário de Brasília), todos veem Deiveson Figueiredo vencendo novamente o mexicano Brandon Moreno pelo cinturão peso-mosca, e apenas um não aposta em nova vitória de Israel Adesanya sobre o italiano Marvin Vettori no peso-médio.

Outro favoritíssimo do UFC 263 é o jamaicano naturalizado inglês Leon Edwards. Apenas um palpiteiro acredita que sua série de oito vitórias será encerrada por Nate Diaz neste sábado. A luta mais equilibrada do card é entre Demian Maia e Belal Muhammad, com oito palpites a favor do brasileiro e seis para o palestino.

Palmeiras e Corinthians se enfrentam neste sábado pelo Brasileirão

allianz_parque.jpg

Palmeiras e Corinthians se enfrentam neste sábado (12) pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto realizado no Allianz Parque, às 19h (horário de Brasília), terá transmissão da Rádio Nacional, com narração de Felipe Rangel, comentários de Waldir Luiz, reportagem de Rafael Monteiro e plantão de Astrid Nick.

As duas equipes começaram a competição nacional da mesma maneira, perderam na estreia e venceram na segunda rodada.

Além disso, o clássico Dérbi será disputado após eliminações prematuras das duas equipes na terceira fase da Copa do Brasil na última quarta-feira (9). O Verdão deu adeus ao torneio após sofrer revés, nos pênaltis, contra o CRB. Já o Timão foi despachado pelo Atlético-GO.Em outras competições, os dois rivais também acumularam fracassos.

No Campeonato Paulista, o Palmeiras foi vice-campeão na final contra o São Paulo. Os palmeirenses também não conseguiram êxito na disputa com o Flamengo na Supercopa do Brasil e contra o argentino Defensa Y Justicia pela Recopa Sul-Americana. Restam ainda duas oportunidades para o verdão gritar campeão: o Brasileirão e Copa Libertadores da América.

Já o Corinthians foi eliminado nas semifinais do Paulista, após revés contra o próprio Palmeiras por 2 a 0. Na Copa Sul-Americana, o time do Parque São Jorge também saiu prematuramente na Fase de Grupos. O Campeonato Brasileiro é a única competição em disputa pela equipe comandada por Sylvinho.

Em relação ao time que começa jogando, o técnico palmeirense Abel Ferreira terá desfalques por conta da realização da Copa América, que começa no domingo (13). Ao todo, três jogadores estão disputando a competição envolvendo as seleções Sul-Americanas: o goleiro Weverton (Brasil), o zagueiro Gustavo Gómez (Paraguai) e o lateral-esquerdo Matías Viña (Uruguai).

Pelo lado corintiano, Sylvinho não poderá contar apenas com o meio-campista Otero, que foi convocado pela Seleção Venezuelana. Porém, a ausência não deverá ser tão notada, já que ele não vem sendo aproveitado desde as semifinais do Campeonato Paulista, em 16 de maio.

Nos últimos confrontos entre os dois clubes, o Alviverde tem levado a melhor. Ao todo, o Verdão sustenta invencibilidade de seis jogos no Dérbi, tendo obtido três vitórias e três empates. A última vez que os alvinegros derrotaram o arquirrival foi em 2020, no dia 22 de julho, em Itaquera. A partida terminou com o placar de 1 a 0.

Edição: Gustavo Faria

STF começa a julgar pedidos para suspender Copa América no Brasil

ffraz_20190707_abr_1651.jpg

Realização do torneio já conta com quatro votos dos ministros

O Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar à 0h de hoje (10) três pedidos para que seja suspensa a realização da Copa América no Brasil, em razão da pandemia da covid-19. Até o momento, quatro ministros votaram no sentido de permitir o torneio, cuja abertura está marcada para o próximo domingo (13), com o confronto do Brasil contra a Venezuela.

Os demais ministros devem votar até as 23h59 desta quinta-feira (10). 

Os pedidos são julgados em três processos pautados em uma sessão de 24 horas do plenário virtual do Supremo, ambiente digital em que os ministros depositam seus votos por escrito, sem necessidade de debate oral.

Um dos pedidos de suspensão foi feito pelo PT, em uma ação de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) sobre questões relativas à pandemia que é relatada pelo ministro Ricardo Lewandowski. Outros dois pedidos foram feitos em processos relatados pela ministra Cármen Lúcia, um aberto pelo PSB e outro pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM). Todos são julgados em conjunto.

Votos

Em seu voto, Lewandowski não se manifestou contra a realização do torneio e citou outras competições em curso, como o Brasileirão 2021 e a Copa Libertadores da América, e também os Jogos Olímpicos de Tóquio, marcados para começar em julho.

O ministro deferiu somente em parte o pedido do PT e determinou que os governos federal e estaduais apresentem, em até 24 horas antes do início da Copa América, um plano “compreensivo e circunstanciado” para impedir o avanço da covid-19 em função do torneio.

Lewandowski criticou “a maneira repentina” com que foi feito o anúncio do Brasil como sede do torneio, menos de 15 dias antes do início da competição e disse que “a população brasileira tem o direito de saber, de forma detalhada, quais as medidas de segurança que serão empreendidas pelas autoridades públicas durante a realização desse evento esportivo internacional, para que, no mínimo, possa aplacar o natural temor que a acomete de infectar-se com a covid -19”.

A ministra Cármen Lúcia, que votou somente em duas das três ações até agora, também não se opôs à realização do torneio, embora tenha ordenado a observância obrigatória de protocolos sanitários. Ela também destacou que há outros torneios de futebol em curso no país e que a decisão sobre a realização de mais um cabe aos executivos locais.

“Entretanto, há de se relevar que o cumprimento de protocolos sanitários nacionais, estaduais e municipais terão de ser cumpridos com o mesmo e até maior rigor, inclusive pelos particulares, times, equipes e agentes vinculados pela realização de jogos, pela adoção de providências em todo e em qualquer caso, por ser matéria de direito, de acatamento obrigatório”, ressalvou a ministra, que foi acompanhada pelo ministro Marco Aurélio Mello.

O ministro Edson Fachin entendeu que o Supremo, de fato, não tem competência para impedir a realização da Copa América. "Como tenho ressaltado nos casos que invocam o princípio da cautela ou precaução, não cabe ao Poder Judiciário decidir sobre a assunção dos riscos que envolvem a realização de uma política pública, ou mesmo dos riscos decorrentes da realização de um evento desportivo".

Ele elencou, contudo, dezenas de medidas a serem tomadas pelo Poder Público para mitigar os riscos de contaminação pela covid-19. Tais medidas incluem, por exemplo, "exames médicos diários de atletas/competidores, treinadores, árbitros e pessoal afiliado ao estádio ou às equipes esportivas", entre outras.

Copa América

A realização da Copa América no Brasil foi anunciada em 31 de maio pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), entidade responsável pelo evento. Antes, a realização do torneio havia sido cancelada na Argentina e na Colômbia.

Além dos pedidos de suspensão no Supremo, o anúncio causou desconforto na própria seleção brasileira. Em nota divulgada esta semana, o elenco da seleção divulgou um manifesto no qual criticou a Conmebol e o “processo inadequado” de realização da Copa América. Mesmo com o manifesto, os atletas confirmaram a participação no torneio.

Ontem (9), a Conmebol divulgou o regulamento de concentração e protocolos de recomendações médicas para treinamentos e viagens para a Copa América.

Edição: Fernando Fraga

Confira o card completo do UFC 256 que terá hoje (12) em ação sete brasileiros

6744c-16230844762285-800.jpg

O principal evento de MMA da atualidade desembarca neste sábado, dia 12, pela segunda vez em Glendale, nos Estados Unidos, para o UFC 263, com duas disputas de cinturão que também são revanches muito aguardadas pelos fãs do MMA. Na co-luta principal, o brasileiro Deiveson Figueiredo, atual campeão da divisão dos moscas (até 56,7kg), defende o cinturão da categoria contra o mexicano Brandon Moreno. O primeiro duelo entre os dois, considerado um dos melhores de 2020, acabou com um empate majoritário a favor do brasileiro, já que um dos três juízes lhe deu a vitória. Além de Deiveson, mais três brasileiros estarão em ação no UFC 263, evento com transmissão ao vivo do Combate, a partir das 19h30. 

 

Na luta principal, outra revanche muito esperada. O nigeriano Israel Adesanya, atual campeão dos médios (até 83,9kg), defende o seu título pela terceira vez contra o italiano Marvin Vettori, desafiante número 1 da categoria. Em 2018, quando os dois estiveram frente a frente pela primeira vez, Adesanya venceu o combate, por decisão dividida dos juízes. Ainda no card principal, o paulista Demian Maia, nono do ranking dos meio-médios (até 77,1kg) e brasileiro com mais vitórias na história do UFC, com 22 no total, enfrenta o americano Belal Muhammad, 12º no ranking da categoria e invicto há cinco lutas. Pelo card preliminar, o brasiliense Luigi Vendramini faz a sua terceira luta no UFC, pela divisão dos leves (até 70,3kg) contra o francês Fares Ziam. Já o baiano Carlos “Boi”, embalado por duas vitórias consecutivas entre os pesados (até 120,2kg), tem pela frente o americano Jake Collier. 

 

O Combate preparou uma programação especial e multiplataforma para o evento, que começa a partir desta quarta-feira, dia 9. Às 17h, no canal oficial do Combate no Youtube, os brasileiros Deiveson Figueiredo e Demian Maia respondem perguntas ao vivo no “Q&A UFC 263”. Mais tarde, às 21h, o canal Combate relembra os principais confrontos dos lutadores envolvidos nas principais lutas da noite no “Especial UFC 263”. Ainda na quarta-feira, o episódio #141 do podcast “Mundo da Luta” traz uma análise das duas revanches e dos duelos dos brasileiros. Os jornalistas Marcelo Russio, Raphael Marinho e o narrador Rhoodes Lima recebem o lutador Fabrício Werdum. Na sexta-feira, dia 11, às 20h, o Combate e o SporTV3 exibem ao vivo a “Pesagem do UFC 263”. No dia seguinte, a partir das 19h10, André Azevedo e Ana Hissa comandam o “Aquecimento Combate” e a transmissão do card preliminar. Na sequência, Rhoodes Lima narra e Rodrigo “Minotauro” comenta o card principal do UFC 263. O canal oficial do Combate no Youtube exibe o “Aquecimento Combate”, juntamente com o SporTV3, que também transmite ao vivo as duas primeiras lutas da noite. O Combate.com acompanha todo o evento em tempo real. 

 

PFL 

Antes do UFC, os fãs de MMA poderão acompanhar ao vivo, nesta quinta-feira o quarto evento da temporada regular da “Professional Fighters League”, que será realizado em Atlantic City, nos Estados Unidos. Na luta principal, a americana Claressa Shields, bicampeã olímpica de boxe, faz a sua estreia no MMA diante da compatriota Brittney Elkin. Os brasileiros Joilton Peregrino, Natan Schulte, Raush Manfio e Sheymon Moraes também estarão em ação no evento, transmitido ao vivo pelo Combate, a partir das 19h, com a narração de André Azevedo e Rhoodes Lima e os comentários de Ana Hissa.    

 

UFC 263

 

CARD PRELIMINAR: 

Peso-pesado: Carlos Boi x Jake Collier 

Peso-leve: Fares Ziam x Luigi Vendramini 

Peso-pena: Chase Hooper x Steven Peterson 

Peso-leve: Frank Camacho x Matt Frevola 

Peso-galo: Pannie Kianzad x Alexis Davis 

Peso-pena: Movsar Evloev x Hakeem Dawodu 

Peso-mosca: Lauren Murphy x Joanne Calderwood 

Peso-meio-pesado: Eryk Anders x Darren Stewart 

Peso-leve: Drew Dober x Brad Riddell

 

CARD PRINCIPAL: 

Peso-meio-pesado: Paul Craig x Jamahal Hill 

Peso-meio-médio: Demian Maia x Belal Muhammad 

Peso-meio-médio: Leon Edwards x Nate Diaz 

Peso-mosca: Deiveson Figueiredo x Brandon Moreno

 Peso-médio: Israel Adesanya x Marvin Vettori

Brasil enfrenta Paraguai fora de casa pelas Eliminatórias da Copa

2021-06-05t020303z_374528869_hp1eh6505p0

Com muita agitação nos bastidores, técnico Tite quer foco no jogo

Na noite desta terça-feira (8), a partir das 21h30, no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, a seleção brasileira enfrenta o Paraguai pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 no Catar. Com cinco jogos realizados até o momento, a equipe nacional lidera o torneio com 15 pontos.

Mas nem mesmo a boa fase vivida dentro de campo traz tranquilidade para o técnico Tite e os jogadores. Na verdade, o ambiente é bastante turbulento. Antes da viagem para a capital paraguaia, ainda em Porto Alegre, na segunda-feira (7), o comandante verde e amarelo teve que responder diversas perguntas sobre a queda do presidente da CBF, Rogério Caboclo, ocorrida no domingo (6), envolvido em denúncias de abuso à uma funcionária da Confederação, e sobre a Copa do América, prevista para começar no próximo final de semana no Brasil.

"Tem sido bastante difícil. É um movimento social. Nós temos compreensão disso. As pessoas acham que nós devemos ter opinião sobre tudo. Enquanto, na verdade, nós devemos ter opinião sobre o futebol. Nós devemos ter o nosso lugar de fala sobre aquilo que nós diz respeito, o futebol. Isso a gente faz com muito amor. É claro que não é fácil manter o foco. Só que esse grupo todo vem tendo uma inteligência emocional muito grande para filtrar tudo que vem ocorrendo e focar apenas no jogo. Isso já ocorreu na partida do Equador e tem que ocorrer novamente nesta terça-feira contra o Paraguai", comentou o técnico Tite em coletiva.

Em relação à partida, o retrospecto recente do Brasil, jogando como visitante contra o Paraguai, não é bom. A equipe nacional não vence no país vizinho desde 1985. Na ocasião, o placar foi 2 a 0, com gols de Casagrande e Zico. "Tem um grau de dificuldade muito grande, sim. Sabemos da qualidade da equipe adversária. E jogando dentro de casa eles se tornam ainda mais fortes. O desafio é grande".

Na conversa com os jornalistas, o treinador não quis revelar oficialmente o time que vai a campo nesta noite. Uma provável escalação da seleção brasileira tem Alisson, Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Douglas Luiz e Éverton Ribeiro; Richarlison, Gabriel Barbosa e Neymar.

A Rádio Nacional acompanha a partida ao vivo a partir das 21h com narração de André Luiz Mendes, comentários de Mario Silva e Bruno Mendes, que também trará as informações do plantão.

Edição: Marcio Parente

Coluna - Natação brasileira vai renovada e variada à Paralimpíada

gabriel_cristiano_natacao_paralimpica.jp

Das 31 vagas colocadas em disputa na seletiva para definir a seleção paralímpica de natação nos Jogos de Tóquio (Japão), 29 foram "encaminhadas" entre quinta-feira (2) e sábado (5) passados, na competição realizada no Centro de Treinamento Paralímpico (CTP), em São Paulo. As duas restantes (masculina e feminina) serão decididas conforme a composição das equipes de revezamento e a situação dos atletas no ranking mundial..

Digo "encaminhadas" porque a confirmação ainda depende do crivo do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, sigla em inglês) no que diz respeito à elegibilidade dos nadadores que obtiveram índice, além da convocação oficial do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Os nomes devem ser anunciados o fim deste mês. Lembrando que os quatro medalhistas de ouro do Mundial de 2019, em Londres (Reino Unido), já estavam assegurados em Tóquio antes da seletiva. E o caso de Edênia Garcia (classe S3), Daniel Dias (S5), Wendell Belarmino (S11) e Carol Santiago (S12).

Tudo indica que a natação do Brasil terá mesmo os 35 representantes previstos em Tóquio. O número supera, por exemplo, os 32 convocados para os Jogos de 2016, no Rio de Janeiro. O detalhe é que a delegação na capital japonesa tende a ser bem renovada. Dos 33 atletas atualmente habilitados à Paralimpíada (os 31 com índice na seletiva e os quatro já garantidos), apenas 17 (em torno de 51%) competiram na última edição.

Na natação paralímpica, os atletas são divididos por classes, conforme as deficiências físico-motora (S1 a S10), visual (S11 a S13) e intelectual (S14). Quanto menor é o número da categoria, maior é o grau de comprometimento. Nas três classes de comorbidades mais severas (S1 a S4) são seis novidades entre os 11 nadadores credenciados aos Jogos, comparando com a Rio 2016: Gabriel Feiten e José Ronaldo da Silva na S1 e Gabriel Geraldo e Bruno Becker na S2. É a primeira vez que o Brasil tem competidores com índice na S1.

Um dos objetivos do CPB era aumentar a participação de atletas de classes baixas durante o ciclo de Tóquio. No Rio, foram apenas três entre os 32 nadadores da equipe. Nos Jogos Parapan-Americanos de 2019, em Lima (Peru), eles já representaram um quarto da delegação, superando a meta de 12% esperada para a edição de 2023, em Santiago (Chile). Na Paralimpíada em solo japonês, onde o nível de competitividade e exigência é maior que no Parapan, a presença de nadadores das classes S1 a S4 deve superar 30% da equipe.

Outra classe com várias caras novas será a S14. Dos cinco atletas com índice, apenas Beatriz Carneiro esteve na Rio 2016. Desta vez, ela terá a companhia da irmã gêmea, Débora, além de Ana Karolina Soares, João Pedro Brutos e Gabriel Bandeira. Destaque especial aos dois últimos. Brutos obteve a marca paralímpica nos 100m peito logo no primeiro ano dele no movimento. Já Bandeira ficou a apenas 18 centésimos de quebrar o recorde mundial dos 100m borboleta. Em maio, ele conquistou seis ouros na etapa da Ilha da Madeira (Portugal) do circuito internacional da modalidade.

Ele não é a única esperança de medalha entre as novidades da equipe. Na classe S12 (baixa visão), por exemplo, Carol Santiago vai à primeira Paralimpíada da carreira como atual campeã mundial dos 50m e dos 100m livre em 2019, além de medalhista de prata nos 100m costas e no revezamento 4x100m livre 49 pontos (em que a soma das classes dos atletas não pode superar 49). Garantida nos Jogos, ela disputou a seletiva como preparação, mas nem por isso diminuiu o ritmo: cravou o recorde mundial dos 50m livre (prova que não será realizada no Japão) e ficou a 57 centésimos da melhor marca dos 100m livre na categoria.

Além disso, confirmada a participação dos atletas com índice, o Brasil terá representantes em 13 das 14 classes da natação paralímpica em Tóquio, com exceção da S7. Isso em meio a uma seletiva dura, tanto que medalhistas na Rio 2016, como Ítalo Pereira (S7) e Carlos Farrenberg (S13), não atingiram marcas. Na última edição dos Jogos, há cinco anos, o país esteve ausente nas classes S1 e S2.

Confira, abaixo, quem são os nadadores com índices para competir na capital japonesa. Em negrito, estão aqueles já assegurados pelo título mundial de 2019.

S1: Gabriel Feiten e José Ronaldo da Silva

S2: Gabriel Geraldo e Bruno Becker

S3: Edênia Garcia e Maiara Barreto

S4: Susana Schanardorf, Eric Tobera, Lídia Cruz, Patrícia Santos e Ronystony Silva

S5: Joana Neves, Daniel Dias e Samuel Oliveira

S6: Laila Abate, Talisson Glock e Gabriel Melone

S8: Cecília Araújo, Gabriel Cristiano e Caio Amorim

S9: Ruiter Silva e Ruan Souza

S10: Phelipe Rodrigues e Mariana Gesteira

S11: Wendell Belarmino e Matheus Rheine

S12: Carol Santiago

S13: Douglas Matera

S14: Ana Karolina Soares, Beatriz Carneiro, Débora Carneiro, Gabriel Bandeira e João Pedro Brutos

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

UFC Fight Night 189:

Rozenstruik x Sakai

rosentruk x sakay.png

O paranaense Augusto Sakai será o representante do Brasil na luta principal do evento do UFC em Las Vegas (EUA) na noite de hoje (5). Do outro lado, estará um adversário que leva no nome a importância do futebol brasileiro pelo mundo. Jairzinho Rozenstruik se chama assim por causa de Jairzinho, o "Furacão" da Copa do Mundo de 1970. Os pais de Rozenstruik eram fãs de futebol e decidiram homenagear o ex-ponta-direita 18 anos depois de ele marcar em todos os jogos da Copa de 70, feito jamais igualado por outro brasileiro. "Acho que eles esperavam que eu fosse me tornar jogar de futebol, mas não foi o caso", brincou o lutador, no fim de 2019, em entrevista à "ESPN" dos Estados Unidos.... - Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/ultimas-noticias/2021/06/05/jairizinho-do-ufc-e-do-suriname-e-ganhou-nome-por-causa-de-idolo-da-selecao.htm?cmpid=copiaecola

Foi o futebol que colocou Jairzinho Rozenstruik no caminho das lutas. Ele tinha 17 anos quando se envolveu em uma briga jogando bola. Irritado, o treinador do time disse ao menino que ele deveria treinar kickboxing se era para ficar desferindo socos nos outros. Ele seguiu o conselho. Sete anos depois, Jairzinho entrou no MMA. A carreira, no entanto, foi interrompida quando ele foi preso em 2014 na Holanda com outros sete surinameses, acusados de transportarem drogas. No momento da detenção, os sete disseram que estavam indo para um evento de kickboxing. O lutador ficou preso por 14 meses antes de as autoridades concluírem que ele não estava envolvido com os outros sete. Diferentem... - Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/ultimas-noticias/2021/06/05/jairizinho-do-ufc-e-do-suriname-e-ganhou-nome-por-causa-de-idolo-da-selecao.htm?cmpid=copiaecola

Augusto Sakai espera voltar aos trilhos nos pesos-pesados Assim como Rozenstruik, Augusto Sakai vem de derrota. O brasileiro foi nocauteado por Alistair Overeem em setembro do ano passado e encerrou sua invencibilidade de quatro lutas no UFC. Em nono no ranking dos pesados, ele trata o revés como um "percalço" em seu caminho rumo ao cinturão

"Todo mundo viu que até o terceiro round foi uma luta muito boa, todo mundo gostou, todo mundo viu a minha performance, então isso não vai me atrasar muito não. Espero poder continuar subindo após a vitória de sábado", afirmou, em entrevista ao UOL Esporte. Jairzinho chegou ao UFC como um fenômeno do MMA. Mesmo com as derrotas recentes do surinamês, Sakai acredita que uma vitória sobre ele o colocará nas cabeças dos pesados. "É um cara que está no hype, que teve uma ascensão muito rápida dentro da categoria. Lutar com ele e vencê-lo me lança lá para cima." O card principal do evento está marcado para começar às 20h (de Brasília). Com a luta principal envolvendo dois nocauteadores... - Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/ultimas-noticias/2021/06/05/jairizinho-do-ufc-e-do-suriname-e-ganhou-nome-por-causa-de-idolo-da-selecao.htm?cmpid=copiaecola

A brasileira substituirá ucraniana de última hora e estreará no UFC

20210603202611976342e.jpg

Tabatha Ricci assina contrato e vai encarar francesa em Las Vegas

O UFC deste sábado, em Las Vegas, marcará a estreia de mais uma brasileira. Tabatha Ricci acertou contrato de última hora para substituir a ucraniana Maryna Moroz no duelo contra Manon Fiorot. A paulista, que é peso palha (52kg) de origem, subirá para os moscas (57kg) para encarar a francesa. 

Paulista de Araçatuba, Tabatha, conhecida como Baby Shark, demonstrou confiança em boa estreia, apesar de ter assinado contrato com apenas quatro dias de antecedência para a luta neste sábado. Aos 26 anos, profissional desde 2013, ela está invicta, com cinco vitórias em igual número de combates. 

 

Tabatha Ricci lutou duas vezes em 2021 e venceu Shawna Lee Ormsby, por nocaute técnico, em 23 de abril, e Vanessa Marie Grimes, por finalização com chave de braço, em janeiro. As duas participações foram pelo Legacy Fighting Alliance (LFA).

 

A francesa Manon Fioriot, de 31 anos, vem de cinco vitórias consecutivas na carreira - só perdeu na estreia, em 2018. Pelo UFC, ela estreou com triunfo sobre Victoria Leonardo, por nocaute técnico no segundo round, em duelo disputado no dia 20 de janeiro passado. 

 

Tabatha vai estrear no card preliminar do UFC Fight Night 189, neste sábado, no UFC Apex, em Las Vegas. O evento terá mais brasileiros em ação como Alan 'Nuguete', Francisco Massaranduba, Ariane Lipski, Antonio Arroyo, alem de Augusto Sakai, que disputará a luta principal contra o surinamês Jairzinho Rozenstruik, pelos pesos-pesados. 

Brasil vence marcação do Equador e dispara na ponta das Eliminatórias

Seleção abre quatro pontos para Argentina e oito para o sexto colocado

2021-06-05t020303z_374528869_hp1eh6505p0

O Brasil disparou na liderança das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar. Nesta sexta-feira (4), a seleção canarinho derrubou a forte marcação do Equador e venceu por 2 a 0 no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela sétima rodada. Vale lembrar que os jogos da quinta e da sexta rodadas foram adiadas pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Os brasileiros mantiveram os 100% de aproveitamento, com 15 pontos em cinco partidas. São quatro pontos de vantagem para a Argentina, segunda colocada nas Eliminatórias, e oito a frente da Colômbia, que está em sexto e é a primeira seleção fora da zona de classificação. Os quatro primeiros colocados se garantem no Catar e o quinto disputa uma repescagem.

A seleção de Tite entrou bastante modificada na comparação com o time que derrotou o Uruguai na casa do rival, em Montevidéu, há quase sete meses. Apesar de o entrosamento não ser o ideal, o Brasil teve a iniciativa dos primeiros 45 minutos e pressionou atrás do gol. Sem êxito, é verdade, mas graças à forte marcação equatoriana.

Chances claras, foram duas. Aos 19 minutos, Neymar cobrou falta na ponta esquerda, o também atacante Richarlison desviou e quase surpreendeu o goleiro Alexander Domínguez, que defendeu em dois tempos. Aos 42, o lateral Danilo cruzou rasteiro pela direita e o atacante Gabriel Barbosa completou mandou para as redes. Gabigol, porém, estava impedimento e o lance foi anulado.

No retorno do intervalo, o Brasil tentou apostar nos lançamentos às costas da marcação, apostando na velocidade dos jogadores de frente. Passado o primeiro terço da etapa final, Tite deixou a equipe mais agressiva com a entrada do atacante Gabriel Jesus no lugar do volante Fred, pendurado com o cartão amarelo. Com mais homens no campo ofensivo, a rede enfim balançou. O meia Lucas Paquetá retomou a bola na intermediária e Neymar abriu na esquerda para o atacante Richarlison abrir o placar.

O gol abriu a equipe equatoriana e o Brasil teve várias oportunidades em sequência. Aos 25 minutos, Gabriel Jesus cortou a marcação pela esquerda e chutou forte, dentro da área, para defesa de Domínguez. Aos 26, Gabriel Barbosa recebeu pela direita, frente a frente com o goleiro, que defendeu com os pés, no reflexo. No lance seguinte, Richarlison foi lançado por Neymar na direita, tirou o arqueiro e cruzou para Gabigol, sem goleiro, cabecear à direita, rente à trave, para desespero do atleta do Flamengo.

A pressão brasileira não arrefeceu. Aos 39 minutos, com auxílio do árbitro de vídeo (VAR), o árbitro venezuelano Alexis Herrera marcou pênalti em cima de Gabriel Jesus, em meio a um bate-rebate na área. Após sete minutos de paralisação, Neymar cobrou mal a penalidade e Domínguez defendeu, mas Herrera entendeu que o goleiro se adiantou e mandou voltar a batida. Na segunda tentativa, com o cronômetro já marcando 48 minutos, o camisa 10 mandou para as redes e deu números finais à partida.

O Brasil volta a campo pelas Eliminatórias na próxima terça-feira (8), às 21h30 (horário de Brasília), contra o Paraguai, fora de casa, no Defensores del Chaco, em Assunção.

Edição: Fábio Lisboa

Conmebol confirma Brasil como sede da Copa América 2021

ffraz_20190707_abr_1651.jpg

Depois de ser campeão em casa em 2019, país será sede novamente

Na manhã desta segunda-feira (31), a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) confirmou através das redes sociais que a Copa América de 2021 será sediada pelo Brasil. O acordo foi firmado depois que a Argentina, através de um comunicado do Ministro do Interior daquele país, Wado de Pedro, confirmar que não teria condições de sediar o torneio pela piora da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Com aproximadamente 45 milhões de habitantes, a Argentina já registrou mais de 3,6 milhões de casos da doença e 76 mil mortes causadas pelo vírus.

"A Copa América de 2021 será disputada no Brasil. As datas de início e finalização do torneio estão confirmadas. As sedes e a tabela serão informadas pela Conmebol nas próximas horas", disse a Confederação Sul-Americana de Futebol em sua conta no Twitter. Também pela rede social, o presidente da entidade, Alejandro Domínguez, agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro e à CBF por "sediar o torneio de seleções mais antigo do mundo".

A Copa América ocorrerá entre os dias 13 de junho e 10 de julho, com a participação de 10 seleções divididas em dois grupos. Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai estão no Grupo A. Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela formam o Grupo B.

Além da Argentina, a previsão inicial da Conmebol era fazer o torneio também na Colômbia, que tinha desistido anteriormente pela grave crise social que tomou conta do país.

De acordo com a Conmebol, a premiação para o campeão da Copa América será de US$ 10 milhões (cerca de R$ 57 milhões). E cada seleção participante receberá US$ 4 milhões (quase R$ 23 milhões). Em 2019, o Brasil, que foi o campeão, faturou US$ 7,5 milhões.

Edição: Gustavo Faria

Eliminatórias: Tite convoca Rodrigo Caio para substituir Thiago Silva

rodrigo_caio_fla_selecao_bras.jpg

Zagueiro do Fla deve se apresentar nesta segunda na Granja Comary

Poucas horas após a vitória do Flamengo em cima do Palmeiras, na estreia do Campeonato Brasileiro, o zagueiro rubro-negro Rodrigo Caio teve mais um motivo para comemorar neste domingo (30): a convocação para os próximos dos jogos da seleção brasileira pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar 2020. O técnico Tite chamou o jogador para o lugar de Thiago Silva, do Manchester City (Inglaterra), cortado do escrete canarinho após confirmação de lesão muscular na coxa esquerda. O zagueiro se machucou no último sábado (29), no primeiro tempo da final da Liga do Campeões, vencida pelo Chelsea, por 1 a 0. 

Na próxima sexta-feira (5 de junho) o Brasil encara o Equador, às 21h30, no Estádio Beira Rio, em Porto Alegre, pela quinta rodada das Eliminatórias. Na semana que vem, dia 8 de junho, a seleção visita o Paraguai, na capital Assunção, em duelo válido pela rodada seis. 

A previsão é de que Rodrigo Caio se apresente nesta segunda-feira (31) à Granja Comary, em Teresópolis (RJ), onde ocorrem os treinos preparatórios, junto com os companheiros rubro-negros Everton Ribeiro e Gabriel Barbosa, o Gabigol, também chamados por Tite.

Desde a convocação da seleção brasileira para as Eliminatórias no ultimo dia 14, já houve outros dois cortes: do lateral-direitoDaniel Alves, do São Paulo, e do zagueiro Lucas Veríssimo, do Benfica (Portugal). Para as respectivas posições foram chamados Emerson, do Betis (Espanha) e Felipe, do Atlético de Madrid (Espanha).  

A seleção brasileira segue invicta nas Eliminatórias Sul-Americanas: lidera a classificação geral, com 12 pontos (quatro vitórias, com 12 gols), seguida por Argentina (10) e Equador (9).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Champions: Portugal relaxa regras de combate à covid-19 para final

2021-05-27t144001z_1_lynxnpeh4q0zq_rtrop

Chelsea e Manchester City decidem competição no sábado (29)

As autoridades portuguesas relaxaram as regras de segurança contra o novo coronavírus (covid-19) para os milhares de torcedores ingleses que viajam para o Porto para a final da Champions League (Liga dos Campeões) no próximo sábado (29), não exigindo mais que permaneçam em bolhas e suspendendo as restrições de circulação.

“As fronteiras estão abertas. A cidade e o país estão se abrindo pouco a pouco. Dentro do que é possível, a liberdade [de circulação] não será condicionada”, disse o superintendente da Polícia do Porto, Cardoso da Silva, em entrevista coletiva nesta quinta-feira (27). “Não há restrições à circulação de torcedores”, afirmou.

Porém, faltando apenas dois dias para a partida, Silva disse que o plano de contingência em vigor está sendo reavaliado constantemente e que ainda pode passar por algumas alterações.

Uma fonte da Polícia disse à Reuters que as autoridades portuguesas não tiveram tempo suficiente para se prepararem totalmente para a partida, já que a Uefa só anunciou que transferiria a decisão da Champions de Istambul (Turquia) para o Porto há cerca de duas semanas.

Oito policiais britânicos especializados em lidar com torcedores de futebol estão em Portugal e trabalharão com a Polícia portuguesa para ajudar a garantir a ordem pública.

Silva disse que cerca de 80 voos fretados com torcedores ingleses devem pousar no sábado para o confronto entre Manchester City (Inglaterra) e Chelsea (Inglaterra). Cerca de 180 ônibus levarão os torcedores ao estádio.

Libertadores: Flamengo recebe o Vélez Sarsfield no Maracanã

flamengo.jpg

Com 11 pontos, Rubro-Negro tenta garantir classificação como líder

O Flamengo recebe o Vélez Sarsfield (Argentina), nesta quinta-feira (27) a partir das 21h (horário de Brasília) no estádio do Maracanã, pela 6ª rodada da fase de grupos da Libertadores. Com 11 pontos conquistados, o Rubro-Negro depende apenas de um empate para avançar às oitavas como líder da chave. Os argentinos são os vice-líderes, com nove pontos.

O goleiro Diego Alves, recuperado de uma fibrose na coxa, está relacionado, mas deve iniciar a partida no banco de reservas. O atacante Bruno Henrique e o zagueiro/volante Willian Arão cumprem suspensão e não participam da partida.

Com Bruno Henrique fora, existe a chance de Pedro e Gabriel Barbosa atuarem juntos desde o início. Isso ocorreu apenas três vezes nessa temporada (contra o Volta Redonda em duas oportunidades e na partida de ida contra o Vélez). Pedro marcou oito gols em 2021 e é o vice-artilheiro do time, atrás apenas de Gabriel Barbosa, que fez 15. Ainda sem a confirmação do técnico Rogério Ceni, o Flamengo deve ir a campo com a seguinte formação: Gabriel Batista; Isla, Bruno Viana, Rodrigo Caio e Filipe Luis; Diego, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Gabriel Barbosa e Pedro.

Assim como o Flamengo, o Vélez, já garantido nas oitavas de final, entra em campo apenas para definir se será primeiro ou segundo da chave. O fato que chama a atenção é que seis jogadores do plantel argentino têm contratos se encerrando no dia 30 de junho, e as oitavas de final da Libertadores acontecem apenas no mês de julho, após a Copa América. Dessa forma, Francisco Ortega, Luis Abram, Pablo Galdames, Alexander Domínguez, Hernán de La Fuente e Federeico Versaci podem fazer a última partida pela equipe do técnico Mauricio Pellegrino.

Libertadores: de olho na Bombonera, Santos decide futuro no Equador

whatsapp_image_2021-05-25_at_21.23.41.jp

O Santos enfrenta o Barcelona no estádio Monumental de Guayaquil (Equador), às 21h (horário de Brasília) desta quarta-feira (26), pela última rodada do Grupo C da Libertadores, mas só a vitória pode não ser suficiente para os comandados de Fernando Diniz. Além de somar os três pontos, o Peixe depende do Boca Juniors não vencer o The Strongest (Bolívia) na partida que começa no mesmo horário, na Bombonera, em Buenos Aires (Argentina).

O Barcelona tem dez pontos, na liderança da chave, já classificado às oitavas de final e não é derrotado em casa há oito partidas na temporada. O Boca aparece na sequência, com sete pontos, um a mais que Santos e The Strongest, sendo que os brasileiros ficam à frente por terem melhor saldo de gols. O time boliviano - que pode ajudar os santistas se roubar pontos na Bombonera - foi goleado nas duas partidas que disputou longe da altitude de La Paz (Bolívia).

O Alvinegro tem desfalques importantes. O atacante Marinho, ainda sem a condição física ideal após se recuperar de uma lesão na coxa, sequer viajou. O volante Alison e o meia Jean Mota estão suspensos, assim como o próprio Fernando Diniz, expulso no duelo com o Boca, em casa, pela quarta rodada, e que levou duas partidas de gancho. Sem o técnico, o time nesta quarta será dirigido pelo auxiliar Márcio Araújo.

O jeito será, como na Libertadores do ano passado, depositar as fichas nos Meninos da Vila. Dos 11 prováveis titulares em Guayaquil, sete deles são formados no próprio clube.

"Sabemos que a classificação é difícil, mas vamos fazer o nosso jogo e lutar até o fim para sair do Equador com um bom resultado, e se possível, também com a vaga. Não podemos ficar pensando muito lá no jogo do Boca, se não vamos esquecer de fazer o nosso aqui. Primeiro temos que ganhar aqui e só depois ver se o resultado lá na Argentina foi favorável para conseguirmos avançar", disse o volante Vinícius Balieiro, de 21 anos, à Santos TV.

O provável Santos vai a campo em Guayaquil com João Paulo; Pará, Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonatan; Vinicius Balieiro, Ivonei e Gabriel Pirani; Ângelo, Kaio Jorge e Lucas Braga. Somente Pará, Luan Peres, Felipe Jonatan e Lucas Braga não foram revelados no clube.

Do lado barcelonista, o objetivo é terminar a fase na liderança do grupo, o que daria à equipe a vantagem de fazer em casa o segundo jogo do confronto das oitavas de final. Um empate diante do Santos seria suficiente. Apesar disso, o clube de Guayaquil terá praticamente força máxima em campo nesta quarta. Tanto que poupou os titulares na goleada por 4 a 0 sobre o Olmedo, no último domingo (23), pelo Campeonato Equatoriano.

Dos jogadores que atuaram na vitória por 2 a 0 sobre o Peixe na Vila Belmiro, em Santos, há um mês, as ausências são o lateral Pineida e o volante Bruno Piñatares, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Outros desfalques são o lateral Pedro Velasco e o zagueiro Darío Aimar, contundidos.

O técnico Fabian Bustos deve escalar o Barcelona com Javier Burrai; Byron Castillo, Fernando León, Williams Riveros e Leonel Quiñonez; Michael Carcelén, Nixon Molina; Michael Hoyos, Damián Díaz e Emmanuel Martínez; Carlos Garcés.

Uefa multa Ibrahimovic em 50 mil euros por violar regras com apostas

ibrahimovic_jogador_milan.jpg

Entidade reguladora do futebol europeu, a Uefa multou o atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, do Milan, em 50 mil euros nesta quarta-feira (26) por violar regras que o proíbem de ter interesses financeiros em uma empresa de apostas.

O Milan também foi alertado e multado em 25 mil euros por violar o mesmo artigo dos regulamentos disciplinares da Uefa.

"O presidente do Órgão de Apelações da Uefa também emitiu ao senhor Ibrahimovic uma diretiva que visa cessar a associação do jogador com a empresa de apostas correspondente", disse a Uefa em um comunicado.

Em abril, o jornal sueco Aftonbladet noticiou que Ibrahimovic, de 39 anos, é coproprietário da empresa de apostas Bethard, à qual se associou em 2018 e que tem sede em Malta.

O Código de Ética da Fifa determina que um jogador não pode ter interesses em entidades ou empresas que "promovem, intermediam, arranjam ou realizam apostas, jogos de azar, loterias ou eventos semelhantes ou transações conectadas com partidas e competições de futebol".

Também no mês passado, Ibrahimovic assinou uma renovação de contrato de um ano com o Milan.

Vôlei de praia: brasileiros estreiam na Rússia no Circuito Mundial

volei_de_praia.jpg

Três das oito duplas nacionais entram em quadra nesta quarta em Sochi

Tainá/Victoria, time feminino que irá representar o Brasil nesta fase classificatória, será o primeiro a entrar em quadra nesta quarta-feira (26) na etapa de Sochi do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. As brasileiras terão pela frente Vitkauskaite e Virbickaite, da Lituânia, às 3h50 (no horário de Brasília). Na sequência, às 05h30, será a vez de Renato e Vitor Felipe entrarem em quadra. O adversário será o time russo Kuvichka e Kislytsyn. “Estamos bem preparados para a nossa estreia. Estamos treinando bem e nossas expectativas são as melhores possíveis. Nós sabemos das dificuldades, pelo fato da dupla ser nova, pelo nível do campeonato, porém nós esperamos dar o nosso melhor e conseguir boas colocações nessas etapas do Mundial”, disse o paraense Renato à assessoria da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

Às 7h10, Guto e Arthur terão o primeiro duelo em Sochi. Os adversários sairão de um jogo eliminatório prévio. Independentemente disso, o mais experiente da dupla, Guto, está agradecido por mais essa oportunidade. “Muito feliz em estar aqui na Rússia para mais um Mundial 4 estrelas no meio dos melhores atletas do mundo. Estamos com uma expectativa enorme e muito confiantes”, disse Guto.
Os outros cinco times brasileiros (André/George, Alison/Álvaro, Ágatha/Duda, Bárbara/Carol e Talita/Taiana) já entrarão diretamente na fase principal do torneio.

Edição: Gustavo Faria

Confira a Programação completa do UFC no ano de 2021

UFC.jpg

Confira o que a organização preparou para a temporada, e acompanhe por todo ano os resultados de todas as lutas realizadas pelo evento e as premiações no período

UFC Rozenstruik x Sakai
5 de junho de 2021, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (20h, horário de Brasília):
Peso-pesado: Jairzinho Rozenstruik x Augusto Sakai
Peso-pesado: Walt Harris x Marcin Tybura
Peso-médio: Roman Dolidze x Laureano Staropoli
Peso-meio-médio: Santiago Ponzinibbio x Miguel Baeza
Peso-médio: Dusko Todorovic x Gregory Rodrigues
Peso-médio: Tom Breese x Antonio Arroyo
CARD PRELIMINAR (17h, horário de Brasília):
Peso-pena: Makwan Amirkhani x Adversário a ser definido
Peso-mosca: Montana de la Rosa x Ariane Lipski
Peso-pesado: Tanner Boser x Ilir Latifi
Peso-leve: Alan Nuguette x Mason Jones
Peso-mosca: Manon Fiorot x Maryna Moroz
Peso-pena: Sean Woodson x Youssef Zalal
Peso-leve: Claudio Puelles x Jordan Leavitt

UFC 263
12 de junho de 2021, em Glendale (EUA)
CARD DO EVENTO (23h, horário de Brasília):
Peso-médio: Israel Adesanya x Marvin Vettori
Peso-mosca: Deiveson Figueiredo x Brandon Moreno
Peso-meio-médio: Leon Edwards x Nate Diaz
Peso-meio-pesado: Paul Craig x Jamahal Hill
Peso-meio-médio: Demian Maia x Belal Muhammad
Peso-leve: Drew Dober x Brad Riddell
CARD PRELIMINAR (19h15, horário de Brasília):
Peso-mosca: Lauren Murphy x Joanne Calderwood
Peso-pena: Steven Peterson x Chase Hooper
Peso-pesado: Carlos Boi x Jake Collier
Peso-leve: Fares Ziam x Luigi Vendramini
Peso-pena: Hakeem Dawodu x Movsar Evloev
Peso-galo: Karol Rosa x Sijara Eubanks
Peso-leve: Matt Frevola x Frank Camacho
Peso-médio: Eryk Anders x Darren Stewart
Peso-galo: Pannie Kianzad x Alexis Davis

UFC
19 de junho de 2021, em Las Vegas (EUA)
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-pena: Chan Sung Jung x Dan Ige
Peso-pena: Marlon Vera x Davey Grant
Peso-meio-médio: Dhiego Lima x Matt Brown
Peso-palha: Virna Jandiroba x Kanako Murata
Peso-pesado: Josh Parisian x Roque Martinez
Peso-meio-médio: Wellington Turman x Bruno Blindado
Peso-pena: Julian Erosa x Seung Woo Choi
Peso-mosca: Lara Procópio x Casey O'Neill
Peso-mosca: Tyson Nam x Tagir Ulanbekov
Peso-leve: Netto BJJ x Rick Glenn
Peso-meio-pesado: Aleksa Camur x Nicolae Negumereanu
Peso-meio-médio: Khaos Williams x Matthew Semelsberger
Peso-pesado: Alexey Oleynik x Sergey Spivak
Peso-meio-médio: Francisco Massaranduba x Muslim Salikhov
Peso-meio-médio: Tim Means x Danny Roberts

UFC
26 de junho de 2021, em Las Vegas (EUA)
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-pesado: Ciryl Gane x Alexander Volkov
Peso-meio-pesado: Ovince St. Preux x Maxim Grishin
Peso-meio-pesado: Danilo Marques x Ed Herman
Peso-médio: Punahele Soriano x Anthony Hernandez
Peso-meio-pesado: Ike Villanueva x Marcin Prachnio
Peso-mosca: Tim Elliott x Su Mudaerji
Peso-pena: Charles Rosa x Justin Jaynes
Peso-meio-médio: Michel Trator x Shavkat Rakhmonov
Peso-galo: Raoni Barcelos x Timur Valiev
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Ramazan Emeev
Peso-leve: Renato Moicano x Jai Herbert

UFC 264
10 de julho de 2021, em Las Vegas (EUA)
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-leve: Dustin Poirier x Conor McGregor
Peso-meio-médio: Gilbert Durinho x Stephen Thompson
Peso-galo: Sean O'Malley x Louis Smolka
Peso-pesado: Greg Hardy x Tai Tuivasa
Peso-mosca: Jennifer Maia x Jessica Eye
Peso-pena: Ryan Hall x Ilia Topuria
Peso-mosca: Zhalgas Zhumagulov x Jerome Rivera
Peso-médio: Omari Akhmedov x Brad Tavares
Peso-médio: Trevin Giles x Dricus du Plessis
Peso-galo: Irene Aldana x Yana Kunitskaya
Peso-médio: Alen Amedovski x Hu Yaozong
Peso-meio-médio: Kevin Lee x Sean Brady

UFC
17 de julho de 2021, em local a ser anunciado
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-galo: Miesha Tate x Marion Reneau
Peso-leve: Islam Makhachev x Thiago Moisés
Peso-mosca: Amir Albazi x Ode Osbourne
Peso-leve: Guram Kutateladze x Don Madge
Peso-galo: Khalid Taha x Sergey Morozov
Peso-galo: Cameron Else x Aaron Phillips
Peso-pena: Herbert Burns x Billy Quarantillo
Peso-mosca: Francisco Figueiredo x Malcom Gordon
Peso-galo: Anderson Berinja x Miles Johns
Peso-médio: Rodolfo Vieira x Dustin Stoltzfus
Peso-palha: Amanda Lemos x Montserrat Ruiz
Peso-pesado: Rodrigo Zé Colmeia x Alan Baudot
Peso-médio: Phil Hawes x Deron Winn
Peso-leve: Mateusz Gamrot x Jeremy Stephens
Peso-meio-médio: Daniel Rodriguez x Abubakar Nurmagomedov

UFC
24 de julho de 2021, em local a ser anunciado
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-galo: Cory Sandhagen x TJ Dillashaw
Peso-galo: Raphael Assunção x Kyler Phillips
Peso-galo: Aspen Ladd x Macy Chiasson
Peso-mosca: Maycee Barber x Miranda Maverick
Peso-galo: Trevin Jones x Tony Kelley
Peso-galo: Randy Costa x Adrian Yanez
Peso-meio-médio: Mickey Gall x Jordan Williams
Peso-médio: Ian Heinisch x Nassourdine Imavov
Peso-galo: Julio Arce x Andre Ewell
Peso-pena: Darren Elkins x Darrick Minner

UFC
31 de julho de 2021, em local a ser anunciado
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-leve: Rafa Garcia x Chris Gruetzemacher
Peso-meio-médio: Bryan Barberena x Jason Witt
Peso-palha: Jinh Yu Frey x Ashley Yoder
Peso-pena Collin Anglin x Melsik Baghdasaryan
Peso-meio-médio: Philip Rowe x Orion Cosce
Peso-palha: Cheyanne Buys x Glorinha de Paula
Peso-meio-médio: Mounir Lazzez x Niklas Stolze
Peso-galo: Kyung Ho Kang x Rani Yahya
Peso-pena: Doo Ho Choi x Danny Chavez

UFC 265
7 de agosto de 2021, em local a ser anunciado
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-galo: Amanda Nunes x Julianna Peña
Peso-galo: José Aldo x Pedro Munhoz
Peso-pena: Drako Rodriguez x Vince Morales
Peso-galo: Johnny Muñoz x Jamey Simmons
Peso-médio: Uriah Hall x Sean Strickland
Peso-mosca: Victoria Leonardo x Melissa Gatto

UFC Brunson x Till
14 de agosto de 2021, em local a ser anunciado
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-médio: Derek Brunson x Darren Till
Peso-mosca: Ji Yeon Kim x Molly McCann
Peso-médio: Dalcha Lungiambula x Marc-André Barriault
Peso-pena: Lerone Murphy x Charles Jourdain
Peso-mosca: Taila Santos x Mandy Bohm

UFC
21 de agosto de 2021, em local a ser anunciado
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-médio: Paulo Borrachinha x Jared Cannonier
Peso-meio-pesado: William Knight x Fabio Cherant
Peso-pesado: Chase Sherman x Parker Porter
Peso-leve: Vinc Pichel x Austin Hubbard
Peso-pena: Luis Saldaña x Austin Lingo
Peso-mosca: Alexandre Pantoja x Brandon Royval
Peso-galo: Brian Kelleher x Domingo Pilarte
Peso-leve: Clay Guida x Mark O. Madsen
Peso-meio-médio: Ramiz Brahimaj x Sasha Palatnikov

UFC
28 de agosto de 2021, em local a ser anunciado
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-galo: Sara McMann x Ketlen Vieira
Peso-médio: Gerald Meerschaert x Makhmud Muradov
Peso-galo: Marcelo Rojo x Kevin Croom
Peso-galo: Joselyne Edwards x Zarah Fairn dos Santos
Peso-galo: Mario Bautista x Guido Cannetti
Peso-pena: Pat Sabatini x Jamall Emmers

UFC 266
4 de setembro de 2021, em local a ser anunciado
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-meio-pesado: Jan Blachowicz x Glover Teixeira
Peso-mosca: Erin Blanchfield x Sarah Alpar
Peso-leve: Uros Medic x Jalin Turner

UFC
18 de setembro de 2021, em local a ser anunciado
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-leve: Dakota Bush x Rong Zhu

UFC
25 de setembro de 2021, em local a ser definido
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-meio-pesado: Thiago Marreta x Johnny Walker

Daniel Alves é cortado da seleção e Tite chama lateral-direito Emerson

daniel alves.jpg

A comissão técnica da seleção brasileira definiu nesta terça-feira a convocação do lateral-direito Emerson. Ele atuou pelo Betis, da Espanha, na última temporada e estava na lista da equipe olímpica divulgada pelo treinador André Jardine para jogos de preparação para os Jogos de Tóquio-2020.

 

Emerson foi chamado pelo técnico Tite para a vaga de Daniel Alves, do São Paulo, desconvocado devido a uma lesão no joelho direito e a impossibilidade de se recuperar a tempo para o período de treinos e jogos contra Equador e Paraguai, em junho, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que será realizada no Catar.

 

Em processo de recuperação da lesão no joelho, o lateral-direito do São Paulo afirmou na noite de segunda-feira, em entrevista ao SporTV, que a decisão de disputar as partidas das Eliminatórias pela seleção deveria sair nos próximos dias.

 

“A gente está nesse processo de recuperação, foi bem assustador da dor que senti. Mas depois vimos que não foi nada muito grave, pequeno estiramento. Mas estamos debatendo ainda, se vou continuar convocado, se não, mas sempre pensando em estar 100%. Defender a seleção é algo muito sagrado para mim. Ir sem estar 100% não seria conveniente, nem com o grupo. Estamos estudando, se não conseguir chegar 100% deverei ser cortado. Nos próximos dias a decisão vai ser tomada. Mas estou focado na recuperação. Se não for agora, o trabalho vai continuar”, declarou.

 

A seleção brasileira inicia a sua preparação a partir desta quarta-feira com a chegada da comissão técnica e jogadores vindos da Europa. Os convocados que atuam no Brasil e os finalistas da Liga dos Campeões da Europa (o goleiro Ederson e o centroavante Gabriel Jesus, do Manchester City, e o zagueiro Thiago Silva, do Chelsea) se apresentam a partir da próxima segunda.

 

Equador e Paraguai serão os adversários do Brasil nas próximas duas rodadas das Eliminatórias. No estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, a seleção recebe o Equador às 21h30 do dia 4 de junho. No dia 8, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, o rival será o Paraguai a partir das 21h30 (de Brasília).

Convocação da seleção brasileira para duelos contra Equador e Paraguai

51178608633-485bf3ba9e-k.jpg

Depois de quase sete meses, a Seleção masculina voltou a ser convocada para jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

Na manhã desta sexta-feira, o técnico Tite anunciou os 24 jogadores que defenderão o Brasil diante do Equador, dia 4 de junho, em Porto Alegre, e contra o Paraguai, no dia 8, em Assunção.

 

 

As grandes novidades da convocação são o retorno do atacante Gabigol, do Flamengo, e do lateral Daniel Alves, do São Paulo. O meia Lucas Paquetá, que vive boa fase no Lyon, e Fred, do Manchester United, também estão de volta. Lucas Veríssimo, do Benfica, foi chamado pela primeira vez na carreira, sendo o único desta lista que jamais havia sido convocado.

A relação conta com 24 atletas para contemplar a presença do meia Douglas Luiz, que está suspenso e só poderá enfrentar o Paraguai.

 

Veja a lista completa:

 

 

  • Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);

  • Laterais: Daniel Alves (São Paulo), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atlético de Madrid);

  • Zagueiros: Éder Militão (Real Madrid), Lucas Veríssimo (Benfica), Marquinhos (PSG) e Thiago Silva (Chelsea);

  • Meias: Casemiro (Real Madrid), Douglas Luiz (Aston Villa), Everton Ribeiro (Flamengo), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United) e Lucas Paquetá (Lyon);

  • Atacantes: Everton Cebolinha (Benfica), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Barbosa (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Vini Jr (Real Madrid).

UFC

Próximos eventos

ufc-apex-dwcs25.jpg

Eventos agendados

15 Mai 19:15 UFC 262: Oliveira vs. Chandler - Toyota Center (Houston), Houston, TX

22 Mai 17:00 UFC Fight Night: Font vs. Garbrandt - UFC APEX, Las Vegas, NV

5 Jun 17:00U FC Fight Night: Rozenstruik vs. Sakai

 

12 Jun 19:00 UFC 263: Adesanya vs. Vettori 2 - Gila River Arena, Glendale, AZ

19 Jun 17:00 UFC Fight Night: The Korean Zombie vs. Ige - 26 Jun14:00UFC Fight Night: Gane vs. Volkov

10 Jul 19:15 UFC 264: Poirier vs. McGregor 3 - T-Mobile Arena, Las Vegas, NV

UFC 262: Charles do Bronx e Michael Chandler fazem a primeira encarada
gettyimages-1317861046.jpg

Clima é amistoso na coletiva entre os lutadores que no sábado disputam cinturão dos leves. Brasileiro quer entrar para hall de grandes campeões do Brasil, como Anderson Silva e José Aldo

Charles do Bronx e Michael Chandler fizeram nesta quinta-feira a primeira encarada antes da luta pelo cinturão peso-leve (até 70,3kg) do UFC, marcada para sábado, com casa cheia em Houston. Já diante do público no Texas, os dois participaram de uma coletiva que contou com as presenças também de Dana White, Tony Ferguson e Beneil Darisuh.

O foco maior dos jornalistas americanos foi naturalmente o lutador da casa. Chandler evitou qualquer clima de animosidade com o brasileiro, mas fez questão de ressaltar que merecia estar ali mesmo tendo feito apenas uma luta no Ultimate.

- Tive dias de merecimento e é dificil explicar isso, mas o meu currículo fala por si só. Venci ex-campeões do UFC, aprendi nas quedas, cresci nas vitorias. Vencer Dan Hooker em 2m30 não é demérito. Tudo o que fiz é indicativo de que de fato mereço (lutar pelo cinturão).

Enquanto Chandler chega para lutar pelo cinturão com menos de um ano no UFC e só uma luta na organização, Charles do Bronx tem quase 11 anos de casa e 27 lutas no Ultimate. Sem qualquer discurso rancoroso com a demora pela chance de ser campeão, o brasileiro garantiu que sempre confiou que a hora ia chegar.

- Vou fazer 11 anos de história no UFC. Acertei, errei, aprendi. Estou muito feliz com a oportunidade que estou tendo hoje (...). Lógico que não (desacreditei da chance pelo título). Isso nunca aconteceu na minha cabeça. Entrei no UFC para fazer história. Sabia que minha oportunidade ia chegar.

O americano de 35 anos, dono de um cartel de 22 vitórias e cinco derrotas, e ex-campeão peso-leve do Bellator, avisou que será o cara a acabar com os sonhos do brasileiro.

- Acho que ele está colocado ali como o oponente mais difícil para mim. Não olho para o cartel dele, as finalizações que conquistou, não olho para nada disso. Olho para o fato de que ele está no UFC há muitos anos representando o Brasil, sonhando em ser campeão, e sou o cara que vai ter que tirar isso dele.

Do Bronx reconheceu que vai enfrentar um adversário difícil, mas avisou que vai ser uma “guerra”, sem vida fácil para ninguém.

- O Michael é um cara duríssimo, merece todo respeito do mundo, campeão do Bellator, pega muito dura na parte em pé, trabalha muito bem o wrestling, ele está vindo 100% para a luta. Mas estou vindo muito bem para a luta também, vai ser uma guerra.

Charles do Bronx, que vem numa sequência de oito vitórias, espera que no sábado dê um passo importante para construir seu legado, que o deixaria no patamar de grandes nomes do MMA brasileiro.

- A gente tem que deixar um legado. Na minha primeira entrevista no UFC lembro que disse que queria fazer história, e venho fazendo história. Sou o maior finalizador, o segundo recordista em bônus, e quero aumentar o meu legado. Quero mostra a todos que posso lutar com esses grandes nomes do UFC. Quero fazer história. Quero que meu nome esteja no Brasil como o dos grandes campões, como Anderson Silva, José Aldo, entre outros. Quero meu nome lá como um grande campeão humilde e respeitador.

Corinthians é goleado e se despede da Sul-Americana. Timão perde de 4 a 0 para o Peñarol

2021-05-14t005204z_836022351_hp1eh5e02en

O Corinthians foi eliminado da Copa Sul-Americana, após ser goleado por 4 a 0 pelo Peñarol (Uruguai) na noite desta quinta-feira (13) em partida realizada no estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu.

Com o revés, o Timão ficou na segunda posição do Grupo E com 4 pontos, sem chances de alcançar os uruguaios na liderança, que ficaram com 12 pontos quando faltam 2 rodadas para o final da fase inicial. Como, na parte inicial da competição, apenas o melhor time de cada chave avança, o Corinthians está eliminado.

Jogando em casa, o Peñarol abriu uma vantagem de 2 a 0 com menos de 15 minutos de partida, graças a dois gols do atacante Álvarez Martínez. O terceiro gol saiu apenas na etapa final, com o meia Canobbio aos 7 minutos. 

Aos 23 minutos o time uruguaio fechou o marcador, com mais um gol de Álvarez Martínez.

Com a desclassificação na Sul-Americana, o Corinthians agora concentra suas atenções no Campeonato Paulista, onde disputa as semifinais.

Final da Liga dos Campeões é transferida de Istambul para Porto

estadio_do_porto_final_na_liga_do_campeo

A final da Liga dos Campeões entre Manchester City e Chelsea no dia 29 de maio foi transferida de Istambul para Porto para permitir que os torcedores ingleses viajem em meio às restrições impostas por causa da pandemia de covid-19, disse a Uefa, entidade que comanda o futebol europeu, nesta quinta-feira (13).

A final estava marcada para o Estádio Olímpico Ataturk, em Istambul, mas na semana passada a Turquia colocou o Reino Unido na "lista vermelha" de viagens, o que significa que nenhum torcedor inglês poderia ir ao jogo. A partida será agora disputada no Estádio do Dragão, que pertence ao Porto.

A Uefa disse que cada um dos clubes receberá 6 mil ingressos que devem começar a ser vendidos nesta quinta (13). A capacidade de público para a final ainda será decidida.

Houve discussões para transferir a final para o Estádio de Wembley, em Londres, mas a Uefa afirmou que, apesar de "esforços exaustivos por parte da federação inglesa e das autoridades, não foi possível obter as exceções necessárias nas exigências de quarentena do Reino Unido".

"Acho que podemos todos concordar que esperamos nunca mais vivenciar um ano como esse que vivemos", disse o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin. "Os torcedores tiveram de sofrer mais de 12 meses sem a possibilidade de ver seus times e chegar a uma final de Liga dos Campeões é o auge do futebol de clubes", afirmou. "Privar esses torcedores da chance de ver a partida pessoalmente não era uma opção e estou satisfeito que esse acordo tenha sido alcançado."

Portugal foi colocado na "lista verde" do governo britânico a partir de 17 de maio, o que significa que os torcedores dos dois clubes ingleses estarão livres para viajar para a partida.

O país está na última fase de desconfinamento e espera revogar as restrições de viagens a partir de 17 de maio.

Autoridades da Federação Turca de Futebol disseram à Reuters que esperam sediar a final da Liga dos Campeões em 2023, que será parte da comemorações pelo centenário da República.

*Reportagem de Manasi Pathak e Shrivathsa Sridhar

Tênis de mesa: Tsuboi e Yamada disputarão provas individuais em Tóquio

gustavo_tsuboi_e_jessica_yamada_tenis_de

A pouco mais de dois meses para a Olimpíada de Tóquio (Japão), os mesatenistas Gustavo Tsuboi e Jessica Yamada foram confirmados para os torneios individuais dos Jogos. Os técnicos das seleções brasileiras -  Francisco Arado, mais conhecido com Paco (masculina), e Hugo Hoyama (feminina), respectivamente -  fundamentaram as escolhas pela colocação dos atletas no ranking mundial: os mesatenistas do país ocupam o segundo lugar na lsita de cada gênero.

Os dois atletas vão se juntar, nas competições individuais, a Hugo Calderano e Bruna Takahashi, que já tinham vaga confirmada por serem os melhores do país. O quarteto também competirá nos torneios de tênis de mesa por equipes, que contarão com outros dois brasileiros: Vitor Ishiy e Carol Kumahara, convocados no final de abril. 

Prestes a encarar a quarta Olimpíada na carreira, Tsuboi, de 35 anos, ocupa a 37ª posição no ranking mundial. O paulista é o segundo atleta com mais participações nos Jogos: está atrás apenas de Hugo Hoyama, que fez história no tênis de mesa do país, ao disputar seis edições, entre 1992 (Barcelona) e 2012 (Londres). 

“O Tsuboi foi selecionado para representar o Brasil no individual por causa dos últimos resultados obtidos nos torneios internacionais. Ele teve bons resultados no Catar, vencendo jogadores como o Koki Niwa. Já havia tido um bom desempenho no WTT de Macau, quando venceu o chinês Zhao Zihao. Apresentou também bons resultados na Bundesliga, na Alemanha, contra atletas de alto nível”, explicou o técnico Paco, no site da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM).

Após seis anos jogando na França, no início deste ano Jessica Yamada mudou-se para a Espanha, onde fechou contrato com o Clube Ganxets de Reus, na Catalunha. Embora experiente, a brasileira fará sua estreia este ano em Jogos Olímpicos. 

“Para mim, foi uma escolha que seguiu o ranking mundial. Jessica e Carol sempre estiveram muito próximas. Tenho certeza de que Bruna e Jessica vão nos representar bem e conseguirão bons resultados em Tóquio”, projeta Hoyama, técnico da seleção feminina.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Espanha vai permitir volta de torcida aos estádios em algumas regiões

estadio_espanhol_.jpg

Serão permitidos, no máximo, cinco mil espectadores por partida

Os clubes de futebol espanhóis receberam luz verde nesta quarta-feira (12) para que os torcedores voltem aos jogos nas duas rodadas finais desta temporada em regiões com baixos níveis de infecções por covid-19.

O ministro do Esporte, José Manuel Uribes, anunciou que um máximo de cinco mil espectadores poderão assistir aos jogos em regiões com menos de 50 casos de covid-19 por 100 mil habitantes, o que significa que as regiões de Valência e Galiza poderão receber os torcedores de volta.

"A escolha dos espectadores será uma decisão dos clubes: uma loteria, um sistema de recompensa aos mais antigos", disse Uribes. "Este é um primeiro passo com vista a muitos mais - o segredo para nós era começar de novo."

A ministra da Saúde, Carolina Darias, acrescentou que outras equipes podem receber torcedores se a taxa de infecção de sua região cair para menos de 50 por 100 mil habitantes. 

Marina Rodriguez impõe ritmo forte e bate Waterson na luta principal do UFC

marina rodrigues.jpg
  • A saga de Marina Rodriguez para fazer a luta principal do UFC Rodriguez x Waterson não impediu a brasileira de ter uma performance de alto nível. Com muito volume de golpes, a brasileira dominou os três primeiros rounds e assegurou a vitória por decisão unânime contra Michelle Waterson (48-47, 49-46 e 49-46), na madrugada deste sábado para domingo, em Las Vegas (EUA). Apesar de ambas serem pesos-palhas (até 52kg), o confronto foi disputado no peso-mosca (até 57kg), já que Rodriguez aceitou o combate em cima da hora.

  •  

  • saga de Marina Rodriguez para fazer a luta principal do UFC Rodriguez x Waterson não impediu a brasileira de ter uma performance de alto nível. Com muito volume de golpes, a brasileira dominou os três primeiros rounds e assegurou a vitória por decisão unânime contra Michelle Waterson (48-47, 49-46 e 49-46), na madrugada deste sábado para domingo, em Las Vegas (EUA). Apesar de ambas serem pesos-palhas (até 52kg), o confronto foi disputado no peso-mosca (até 57kg), já que Rodriguez aceitou o combate em cima da hora.

Marcos Pezão vence, e Diego Ferreira é nocauteado no card principal do UFC

Peso-pesado faz luta amarrada, mas domina Maurice Greene nos três rounds, enquanto peso-leve começa bem, mas acaba dominado no segundo round

Não chegou a ser empolgante, mas o que importava para Marcos Pezão era o resultado positivo. Vindo de derrota, o brasileiro teve atuação segura e dominou Maurice Greene com seu jogo de quedas durante os três rounds para garantir uma tranquila vitória por decisão unânime (30-26, 30-26 e 30-27) no card principal do UFC Rodriguez x Waterson, neste sábado, em Las Vegas (EUA).

Não chegou a ser empolgante, mas o que importava para Marcos Pezão era o resultado positivo. Vindo de derrota, o brasileiro teve atuação segura e dominou Maurice Greene com seu jogo de quedas durante os três rounds para garantir uma tranquila vitória por decisão unânime (30-26, 30-26 e 30-27) no card principal do UFC Rodriguez x Waterson, neste sábado, em Las Vegas (EUA).

Carlos Diego Ferreira é nocauteado por Gregor Gillespie

Após fazer um grande primeiro round, Carlos Diego Ferreira sucumbiu à pressão de Gregor Gillespie na luta agarrada e foi nocauteado aos 4m51s do segundo round, em confronto válido pelo peso-leve (até 70kg). O brasileiro, que não bateu o peso na véspera, sofreu seu segundo revés seguido. Já o americano recuperou-se de sua única derrota na carreira, em 2019, contra Kevin Lee.

Depois de um começo de estudo na trocação, Gillespie tentou levar a luta pra onde se sente mais confortável ao buscar a queda, mas o brasileiro respondeu bem, quase ficou por cima e a luta voltou a ficar de pé. Em cima, Diego conectou boas combinações, mas voltou a precisar escapar das tentativas do americano levar para o chão. Em uma delas, Ferreira aceitou a luta agarrada, tentou uma omoplata, mas ficou por baixo, porém, por pouco tempo, já que buscou boas transições para raspar e se levantou. No fim do round, Diego conseguiu dominar as costas e aplicou cotoveladas duras.

Gillespie voltou melhor para o segundo assalto e conseguiu ter mais tempo por cima no solo, mas o brasileiro era muito ativo mesmo por baixo. Com cerca de dois minutos para o fim do round, o americano conseguiu dominar as costas, perdeu a posição, trabalhou o ground and pound e voltou ficar nas costas de Diego. Ele desferiu socos e cotoveladas, enquanto Ferreira apenas se defendia. Gillespie conseguiu a montada nos segundos finais, aplicou muitos socos na cabeça, e o árbitro central precisou interromper.

Moçambique estreia com finalização no primeiro round

O guianês radicado no Brasil Carlston Harris, connhecido como Moçambique, estreou no Ultimate e não decepcionou. O lutador precisou de apenas 2m52s para finalizar Christian Aguilera com um triângulo de mão. O árbitro central demorou muito para interromper, e o americano chegou a ficar inconsciente. Esta foi a quarta vitória consecutiva do atleta da Renovação Fight Team (RFT), que agora soma 15 triunfos e quatro reveses na carreira.

ESPORTE LOCAL

173426358_146548524096057_75010063478168
f98a09896eb034e4cc59499406d22304.jpg
Oásis-x-Herculândia-min.jpeg